PUBLICIDADE
Topo

Sky Brown fala em competir no surfe e no skate em Paris-2024: "É possível"

Sky Brown faz manobra durante a final das Olimpíadas Tóquio-2020 - Ulrik Pedersen/NurPhoto via Getty Images
Sky Brown faz manobra durante a final das Olimpíadas Tóquio-2020 Imagem: Ulrik Pedersen/NurPhoto via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/08/2021 06h01

Uma das crianças prodígio do skate feminino, a britânica Sky Brown, de 13 anos, que foi bronze na final do skate park em Tóquio na quarta-feira (4), falou sobre a possibilidade de daqui a três anos, em Paris-2024, competir em outro esporte que domina: o surfe.

"É definitivamente possível, mas eu sei que vai ser difícil. Mas eu amo surfar, amo o skate, o surfe e o skate vão ser divertidos. Honestamente, ir para Paris seria ótimo, é um dos meus países favoritos. E também em Fiji (onde será disputado o surfe), seria maravilhoso", disse a garota em entrevista ao Sky Sports.

O torneio de surfe nos Jogos Olímpicos de Paris será disputado na Polinésia Francesa, conjunto de arquipélagos no Oceano Pacífico, que fazem parte do território da França e são conhecidos por terem grandes ondas. Pela distância entre Europa e Oceania, existe a dúvida de que, caso a garota se classificasse, haveria tempo hábil para competir nas duas modalidades.

Sky afirmou que pratica o skate quando as ondas não estão boas e que, quando o mar está bom para a prática do surfe, ela prefere pegar a prancha e correr para o mar.

Apesar de disputar os Jogos Olímpicos pela Grã-Bretanha, Sky nasceu em Miyazaki, no Japão, onde costuma surfar com seu irmão, Ocean. Durante a temporada de skate, a garota e a família moram em Huntington Beach, na Califórnia.

Sky Brown tornou-se a mais jovem atleta a disputar os Jogos Olímpicos pela Grã-Bretanha e, com o bronze conquistado na última quarta-feira, é a segunda medalhista olímpica mais jovem desde 1936.