PUBLICIDADE
Topo

Sky e Kokona são as medalhistas olímpicas mais jovens em 85 anos

 Kokona Hiraki, Sakura Yosozumi e Sky Brown recebem as medalhas da final do skate park, nas Olimpíadas de Tóquio -  Ezra Shaw/Getty Images
Kokona Hiraki, Sakura Yosozumi e Sky Brown recebem as medalhas da final do skate park, nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: Ezra Shaw/Getty Images

Felipe Pereira

Do UOL, em Tóquio

04/08/2021 02h17

As atletas do skate park Kokona Hiraki (JAP), de 12 anos e 343 dias, e Sky Brown (GBR), de 13 anos e 23 dias, são as medalhistas mais jovens das Olimpíadas em 85 anos. A britânica faturou a medalha de bronze na madrugada desta quarta-feira (4) na edição de Tóquio, enquanto a japonesa conquistou a medalha de prata, no Ariake Urban Sports Park.

Kokona e Sky Brown já tinham entrado na história assim que pisaram na pista tornando-se as atletas mais jovens da história de Japão e Grã-Bretanha a disputarem os Jogos Olímpicos. Caso uma das duas tivesse levado o ouro, seriam as campeãs olímpicas mais jovens da história. No entanto, a japonesa Sakura Yosozumi, de 19 anos, subiu no lugar mais alto do pódio.

A média de idade do pódio do skate park foi de pouco mais de 14 anos e meio e tornou-se o segundo mais jovem da história, perdendo apenas para a final do skate street, disputada há pouco mais de uma semana. No street, que teve a brasileira Rayssa Leal conquistando a prata, a média de idade foi de 14 anos.

Diferentemente de outras modalidades que também têm competidores jovens, caso da ginástica, o skate não estabelece idade mínima para que um atleta dispute os Jogos Olímpicos. As idades mínimas para elegibilidade olímpica são estabelecidas pela federação internacional de cada esporte e, no caso do skate, existe a possibilidade de que isso seja imposto em breve.

A segunda atleta mais jovem da delegação brasileira, Isadora Pacheco, de 16 anos, também competiu no skate park, mas parou nas eliminatórias. As outras brasileiras da equipe, Dora Varella e Yndiara Asp chegaram à final e ficaram em 7º e 8º lugares, respectivamente. Yndiara, aos 23 anos, foi a atleta mais velha da decisão.