PUBLICIDADE
Topo

Grécia desiste de competir no nado sincronizado após casos de covid-19

Gregas Evangelia Papazoglou e Evangelia Plataniot em ação nas Olimpíadas de Tóquio - Stefan Wermuth/Reuters
Gregas Evangelia Papazoglou e Evangelia Plataniot em ação nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: Stefan Wermuth/Reuters

Colaboração para o UOL, de São Paulo

03/08/2021 05h23

A Grécia retirou-se da disputa do nado sincronizado nas Olimpíadas 2020 depois que quatro atletas da equipe testaram positivo para a covid-19.

Segundo o Comitê Olímpico Grego (HOC), um teste deu positivo na segunda-feira e outros três nesta terça (3), situação que obriga toda a equipe a ficar em quarentena em um hotel.

Conforme a nota do comitê olímpico, estes atletas não entraram em contato com qualquer outro membro da delegação "por razões óbvias".

Segundo o calendário das Olimpíadas, ainda restam quatro eventos da modalidade. Eles acontecerão nos dias 3, 4, 6 e 7. O primeiro foi na segunda-feira (2), às 7h30 (de Brasília). Nesta disputa, as gregas que participaram, Evangelia Papazoglou e Evangelia Plataniot, ficaram em 10º lugar no geral.

O comitê organizador dos Jogos confirmou nesta terça-feira (3) mais 18 novos casos de covid-19 entre envolvidos com as Olimpíadas. São 294 no total desde 1º de julho, data em que o monitoramento começou.