PUBLICIDADE
Topo

Governo erra nome de Rebeca e modalidade da Fadinha ao registrar medalhas

Rebeca Andrade e suas duas medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio: ouro no salto e prata no individual geral - Laurence Griffiths/Getty Images
Rebeca Andrade e suas duas medalhas dos Jogos Olímpicos de Tóquio: ouro no salto e prata no individual geral Imagem: Laurence Griffiths/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/08/2021 01h58

O Governo Federal do Brasil publicou uma nota oficial sobre o desempenho do país nas Olimpíadas de Tóquio. O texto possui erros de digitação, como no nome de Rebeca Andrade e na modalidade que Rayssa Leal conquistou medalha de prata.

No lugar do nome da ginasta, que ganhou o ouro no salto e a prata na ginástica individual, estava escrito 'Receba'. Já sobre a skatista, a modalidade "street" estava com a grafia "streete".

Governo do Brasil erra nome de Rebeca em nota oficial  - Reprodução - Reprodução
Governo do Brasil erra nome de Rebeca Andrade e modalidade de Rayssa Leal em nota sobre medalhas
Imagem: Reprodução

Atualmente, o Brasil tem 12 medalhas no quadro olímpico - eram apenas dez quando o texto do governo foi publicado. Ao todo, foram três ouros: com Rebeca Andrade, no salto, Italo Ferreira, no surfe, e Martine Grael e Kahena Kunze, na vela.

As de prata ficaram na conta de Rayssa Leal e Kelvin Hoefler, no skate street, e Rebeca Andrade, na ginástica individual. Os bronzes foram de Laura e Luísa, no tênis Daniel Cargnin e Mayra Aguiar, no judô, Fernando Scheffer e Bruno Fratus, na natação, e Alisson dos Santos, no atletismo.