PUBLICIDADE
Topo

Andrea Grael celebra bi olímpico de Martine: 'Ela brincava no meu barco'

Martine Grael e Kahena Kunze - Jonne Roriz/COB
Martine Grael e Kahena Kunze Imagem: Jonne Roriz/COB

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/08/2021 12h41

Andrea Grael e Audrey Kunze participaram do Encontro com Fátima Bernardes na manhã de hoje e comentaram sobre a conquista do ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio de suas filhas, Martine e Kahena.

Andrea, que já foi velejadora, relembrou de quando Martine apenas brincava em seu barco. "Eu fiz campanha olímpica há um tempo, obviamente não com a seriedade que ela fez, então a gente tem noção do que é essa luta até chegar lá. É bacana lembrar dela pequenininha brincando no meu barco e ver onde ela chegou", disse.

Como mãe, Audrey comentou que sempre manda mensagem para a filha para acalmá-la antes das provas: "A gente tenta não incomodar, mas ela sabe que estamos no respaldo, dando todo o apoio."

Nesta madrugada, Kahena e Martine se tornaram bicampeãs olímpicas na classe 49er FX da vela. Elas ficaram em terceiro na Medal Race, mas garantiram a primeira colocação no geral, igualando ao feito da Rio-2016.

Na regata das primeiras horas desta terça-feira, 03, Audrey e Andrea compartilharam que, como qualquer mãe, sofreram durante a prova. Na largada de ontem, as brasileiras foram para a direção contrária a dos outros concorrentes.

"Cada regata foi um sofrimento a parte e ontem, especialmente, como a regata valia peso dois eu fiquei o dia inteiro tão nervosa, que eu não queria saber de esporte. A prova foi, pra mim, muito sensacional porque aquela largada foi um espetáculo", comentou Andrea.

"Olha, elas têm tanta técnica e tiveram esse tempo para estudar as marés, as correntezas. Ontem, elas repetiram o que fizeram na Rio-2016, porque na final da Medal Race do Rio elas também foram para a direção contrária a da maioria", acrescentou Audrey.

A Medal Race havia sido adiada por conta da falta de vento. Dessa forma, se a situação persistisse, o resultado seria baseado nas provas que já haviam sido realizadas. Se isso acontecesse, as brasileiras teriam ficado com a medalha de prata.