PUBLICIDADE
Topo

Alison Santos quebra recorde sul-americano pela 6ª vez em 2021

Demétrio Vecchioli

para o UOL, em Tóquio (JPN)

03/08/2021 00h30

O pódio conquistado por Alison dos Santos na final dos 400m com barreiras nos Jogos Olímpicos de Tóquio consolidou uma temporada marcada por resultados expressivos. Na pista do Estádio Olímpico, o brasileiro assegurou a medalha de bronze batendo novamente o recorde sul-americano, correndo pela primeira vez abaixo dos 47 segundos. Foi a sexta vez que melhoro a marca em 2021.

Na briga por medalhas, Piu, como o barreirista é conhecido nas pistas, completou a prova com o tempo de 46s72. Ele melhorou sua própria marca anterior, 47s31, estabelecida durante a disputa da semifinal olímpica no último dia 1º.

Piu tinha melhorado a duas vezes em disputas de etapas da Diamond League, o circuito mais importante do atletismo internacional, realizadas no mês de julho. Antes disso, bateu o recorde continental da prova duas vezes em maio.

Confira abaixo a evolução dos recordes obtidos pelo brasileiro:

46s72 - 2/8 - Tóquio (JPN)
47s31 - 1/8 - Tóquio (JPN)
47s34 - 4/7 - Estocolmo (SWE)
47s38 - 1/7 - Oslo (NOR)
47s57 - 28/5 - Doha (QAT)
47s68 - 9/5 - Walnut (USA)