PUBLICIDADE
Topo

Matheus Cunha sofre contratura; seleção diz que "inicialmente não preocupa"

Matheus Cunha comemora gol da seleção brasileira contra o Egito pelas Olimpíadas; ele saiu do jogo lesionado - Lucas Figueiredo/CBF
Matheus Cunha comemora gol da seleção brasileira contra o Egito pelas Olimpíadas; ele saiu do jogo lesionado Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, em São Paulo

31/07/2021 09h37Atualizada em 31/07/2021 10h43

Autor do gol que classificou o Brasil para as semifinais do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o atacante Matheus Cunha foi substituído por lesão aos oito minutos do segundo tempo e virou motivo de preocupação para a comissão técnica pensando na sequência da competição. Minutos após o fim do jogo, o primeiro boletim médico sobre o camisa 9 informou que ele não deve ser desfalque.

"Matheus Cunha sofreu uma contratura. Será observado e avaliado nas próximas 24 horas. Inicialmente, não preocupa para a sequência da competição", informou o departamento de comunicação da seleção olímpica, após primeira avaliação dos médicos ainda no Estádio Saitama.

O atacante marcou contra o Egito aos 36 minutos do primeiro tempo, com assistência de Richarlison após jogada de Claudinho. Ele teve mais chances no começo da etapa complementar, mas sentiu uma fisgada no músculo posterior da coxa esquerda que impediu sua permanência em campo. Matheus Cunha enfaixou a região e ainda tentou voltar, mas precisou ser substituído por Paulinho e acompanhou o resto da partida sentado no banco de reservas e já fazendo tratamento com gelo.

Depois de eliminar o Egito, o Brasil tem pela frente as semifinais das Olimpíadas de Tóquio na terça-feira (3), às 5h, contra o México. Matheus Cunha foi titular em todas as partidas e tem uma assistência e dois gols.