PUBLICIDADE
Topo

Djokovic perde para Carreño Busta e deixa Olimpíadas sem medalha no simples

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/07/2021 05h56

Número um do mundo, Novak Djokovic perdeu para o espanhol Pablo Carreño Busta neste sábado (31), na disputa pelo bronze, e ficou sem medalha na chave de simples das Olimpíadas de Tóquio.

Bronze na disputa de simples em Pequim 2008, Djokovic sonhava com a possibilidade de uma temporada de invencilibidade nos principais torneios do calendário, já que ganhou os três primeiros torneios de Grand Slam do ano e poderia alcançar o feito com o ouro em Tóquio e o título no US Open. Mas acabou deixando o Japão sem medalha nos simples, restando apenas a briga pelo bronze nas duplas mistas, ainda neste sábado.

O primeiro set foi complicado para o sérvio, que sofreu principalmente com os saques do espanhol. A segunda parcial foi parelha, com o placar permanecendo empatado até tie-break, quando Djokovic aproveitou os erros de Pablo Carreño para empatar o jogo.

No set decisivo, no entanto, ficou evidente o cansaço do sérvio, que jogou ontem contra Zverev. Mais inteiro no jogo, o espanhol aproveitou a vantagem física para liquidar a partida em 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 6/7(6) e 6/3 em 2h47 de jogo.

O Jogo

O primeiro set começou com ambos os tenistas confirmando seus serviços. A primeira quebra foi o espanhol, que fez 3 a 2 e não deixou o oponente pontuar no game. Na sequência, Carreño aproveitou os saques para abrir 4 a 2. Djoko, porém, confirmou seu serviço e diminuiu a vantagem de Carreño para 4 a 3. Mas foi o espanhol quem fechou o primeiro set em 6 a 4.

Atrás no marcador, Djokovic começou o segundo set agressivo e fez 1 a 0. Na sequência, Carreño confirmou o serviço e deixou tudo igual. O cenário se repetiu até o 6 a 6, o que levou a parcial para o tie-break. No desempate, o sérvio abriu vantagem (4 a 1), mas viu o espanhol empatar em duas oportunidades. O número 1 do mundo, no entanto, mostrou frieza para fechar o desempate em 8 a 6 e empatar a partida em 1 a 1.

O último set começou com Carreño mandando no jogo e abrindo 3 a 0. Djoko até chegou a diminuir a vantagem e conseguiu intercalar até 5 a 3, brigou quando o espanhol sacou para fechar o jogo e salvou quatro match points, mas não evitou a derrota.