PUBLICIDADE
Topo

Daniel Alves após vitória do Brasil sobre Egito: "Poderia ser mais largo"

Daniel Alves marca Sobhi durante jogo da seleção brasileira contra o Egito pelas Olimpíadas - Lucas Figueiredo/CBF
Daniel Alves marca Sobhi durante jogo da seleção brasileira contra o Egito pelas Olimpíadas Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, no Rio de Janeiro

31/07/2021 09h11Atualizada em 31/07/2021 10h10

A seleção brasileira venceu o Egito por 1 a 0 hoje (31) - com gol de Matheus Cunha - e se classificou para as semifinais das Olimpíadas de Tóquio. Capitão da equipe e jogador mais experiente do elenco, Daniel Alves acredita que o Brasil poderia ter saído de campo com um placar mais elástico.

"Poderia ser mais largo, faltou caprichar um pouco mais. Mas não existe jogo fácil. As equipes evoluíram muito, criam dificuldades, mas em nenhum momento perdemos o controle. Tivemos chances para fazer mais gols e o placar acabou sendo injusto pelas chances que criamos", destacou à TV Globo.

A seleção brasileira decidirá uma vaga na final na próxima terça-feira (3), às 5h (horário de Brasília), na cidade de Kashima (JAP). O adversário será o México. A outra semifinal será disputada entre Espanha e Japão.

"Faltam dois (jogos), está cada vez mais perto, só que vai passando as fases, tem que melhorar, estudar bem os adversários", destacou Daniel Alves.

Vale lembrar que o Brasil é o atual campeão dos Jogos Olímpicos ao conquistar a medalha de ouro na Rio-2016 vencendo a Alemanha na decisão.