PUBLICIDADE
Topo

Com Fratus, Brasil chega à 10ª medalha conquistada nas Olimpíadas de Tóquio

Beatriz Cesarini

Do UOL, em Tóquio

31/07/2021 23h14

O Brasil conquistou na noite deste sábado (31), sua décima medalha nas Olimpíadas de Tóquio. O bronze do nadador Bruno Fratus, nos 50m livre, completou a marca para o país.

Apesar de o quadro geral ainda apontar nove medalhas para os brasileiros, uma outra já está garantida. O pugilista Abner Teixeira garantiu a primeira medalha do boxe brasileiro nos Jogos Olímpicos no Japão.

Natural de Osasco, no interior de São Paulo, ele está classificado para a semifinal da categoria dos pesados (entre 81kg e 91kg), o combate acontecerá na próxima terça-feira (3), a partir de 6h50 (de Brasília). Nas Olimpíadas todos os semifinalistas do boxe garantem bronze porque não há disputa pelo terceiro lugar.

Até o momento, o Brasil ganhou dois bronzes no judô (Mayra Aguiar e Daniel Cargnin), dois na natação (Bruno Fratus e Fernando Scheffer) e um no tênis (dupla Laura Pigossi e Luisa Stefani); os skatistas Rayssa Leal e Kelvin Hoefler, e a ginasta Rebeca Andrade ficaram com a prata; o surfista Italo Ferreira, até o momento, é dono do único ouro nacional. Resta saber a cor da medalhar de Abner, no boxe.

Meta a ser superada

Na edição passada dos Jogos Olímpicos, Rio-2016, o Brasil terminou com 19 medalhas conquistadas. Anfitrião na ocasião, o país somou sete ouros, seis bronzes e seis pratas.