PUBLICIDADE
Topo

Baby perde nas quartas e enfrentará Teddy Riner na repescagem do judô

Brasileiro Rafael Baby (de branco) em ação contra Ushangi Kokauri nas Olimpíadas de Tóquio - Sergio Perez/Reuters
Brasileiro Rafael Baby (de branco) em ação contra Ushangi Kokauri nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: Sergio Perez/Reuters

Colaboração para o UOL, de São Paulo

30/07/2021 01h09

Com dois bronzes olímpicos em casa e sonhando em chegar às finais das Olimpíadas de Tóquio, o judoca brasileiro Rafael Silva, o Baby, acabou eliminado nas quartas de final da categoria acima de 100kg pelo georgiano Guram Tushishvili, por punições sofridas.

Rafael ainda tem uma chance de buscar a medalha de bronze, mas o desafio não será nada fácil. Muito pelo contrário. A partir das 5h (de Brasília), ele enfrentará na repescagem o francês Teddy Riner, principal nome dessa categoria no judô, que acabou derrotado pelo russo Tamerlan Bashaev. Quem passar volta para lutar pelo bronze.

Guram deu muito trabalho defensivo para o brasileiro, conseguindo escapar de todas as tentativas de pegada do brasileiro. Com isso, Rafael acabou sofrendo dois shidos durante o tempo regular do combate.

A luta se manteve nesse tom também durante o golden score. Com menos de um minuto adicional, Rafael Silva sofreu mais uma punição e foi eliminado.

O brasileiro entrou na disputa dos pesos pesados já nas oitavas de final. Na estreia, venceu Ushangi Kokauri, do Azerbaijão, por ippon no golden score. Esta é a terceira Olimpíada do atleta de 34 anos, nascido em Campo Grande-MS. Em Londres-2012 e no Rio-2016, ele voltou para casa com o bronze no peito.