PUBLICIDADE
Topo

Atleta da equipe de refugiados chora após queda e eliminação nos 800m

James Nyang Chiengjiek lamenta queda durante prova dos 800m em Tóquio - Matthias Hangst/Getty Images
James Nyang Chiengjiek lamenta queda durante prova dos 800m em Tóquio Imagem: Matthias Hangst/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/07/2021 22h46

Membro da equipe de refugiados, o velocista James Nyang Chiengjiek chorou na pista após eliminação nos 800m, na noite desta sexta-feira.

O atleta do Sudão do Sul se chocou com o espanhol Saul Ordonez instantes após a largada. James Nyang se levantou rapidamente e completou a prova, mas terminou na última colocação da terceira bateria, com 2:02.04.

Frustrado, o atleta - que disputa sua segunda Olimpíada - se ajoelhou na pista e começou a chorar. Apenas os três primeiros de cada grupo avançam à semifinal, além dos três melhores tempos da classificação geral.

Pouco depois, James Nyang se levantou e, enxugando os olhos, deixou a pista do Estádio Olímpico.