PUBLICIDADE
Topo

Atletismo da Austrália entra em confinamento por precaução contra covid

O norte-americano Sam Kendricks está fora de Tóquio-2020 após testar positivo para covid-19 - DAVID GRAY/REUTERS
O norte-americano Sam Kendricks está fora de Tóquio-2020 após testar positivo para covid-19 Imagem: DAVID GRAY/REUTERS

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/07/2021 04h35

O Comitê Olímpico Australiano colocou 63 pessoas de sua delegação em isolamento após o atleta americano de salto com vara Sam Kendricks, favorito à medalha e bicampeão mundial, testar positivo para covid-19 nesta quarta-feira (28). Um dos principais rivais do brasileiro Thiago Braz na luta pelo ouro na modalidade, ele está fora das Olimpíadas de Tóquio-2020.

"Membros da equipe de atletismo da Austrália nos Jogos Olímpicos de Tóquio estão se isolando em seus quartos como medida de precaução após a notícia de um positivo por covid de um membro da equipe de atletismo dos Estados Unidos", informou em comunicado a entidade australiana.

Segundo o jornal "The Australian", os integrantes da delegação australiana de atletismo foram liberados após o teste para covid do saltador Kurtis Marschall dar negativo, já nesta quinta-feira (29). Marschall estava treinando com Kendricks.

Marschall treinou nas mesmas instalações que o americano e embora tenha sido liberado, as autoridades australianas agora esperam o resultado do exame do seu técnico e de outros contatos próximos ao atleta australiano.

Eles vão treinar em uma instalação externa diferente e passarão por testes contínuos até o início de suas participações nestes Jogos Olímpicos.

As eliminatórias para o salto com vara masculino começam no sábado (31), a prova feminina é na segunda-feira (2).