PUBLICIDADE
Topo

Atleta cubana morre ao ser atingida por martelo de competição

Alegna Mayari morreu após ser atingida por equipamento em treino - Reprodução/Redes sociais
Alegna Mayari morreu após ser atingida por equipamento em treino Imagem: Reprodução/Redes sociais

Do UOL, em São Paulo

29/07/2021 15h02

Promessa para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, a atleta cubana Alegna Osorio Mayari morreu após ser atingida na cabeça por um martelo usado em competições de arremesso de peso. O acidente aconteceu em abril e ela passou três meses em coma antes de morrer.

A atleta de 19 anos participava de um treino de atletismo em Cuba quando foi atingida pelo equipamento. Alegna era uma das promessas da delegação de Cuba para as Olimpíadas de Paris em 2024.

Osvaldo Vento, presidente do Instituto Nacional de Esportes de Cuba, declarou que essa "é uma dor irreparável para a família". O diretor de Esportes de Cuba, Reynaldo Varona Martínez, disse que toda a delegação cubana está de luto por Alegna: "Foi acidente e ela lutou muito pela vida. Descanse em paz".

A jovem, que competia no arremesso de peso, foi medalha de bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018 no lançamento do martelo e bronze no campeonato Pan-americano sub-20 de 2019. Ela era vista em Cuba como uma das jovens promessas do atletismo no país.