PUBLICIDADE
Topo

Djokovic domina espanhol e vai às quartas em Tóquio

Reuters
Imagem: Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/07/2021 05h48

Mais um jogo, mais uma vitória, e Novak Djokovic continua superfavorito ao ouro nos Jogos Olímpicos Tóquio-2020. Nesta quarta-feira, o número 1 do mundo bateu o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, #34 do ranking, por 6/3 e 6/1, e avançou às quartas de final na chave de simples.

O sérvio agora soma 21 triunfos consecutivos e não perde desde a final do Masters 1000 de Roma, quando foi superado por Rafael Nadal. Desde então, Djokovic foi campeão de Roland Garros e Wimbledon e segue com chances de se tornar o primeiro homem da história do tênis a conquistar o Golden Slam - feito que envolve a conquista dos quatro títulos do Grand Slam (Australian Open, Roland Garros, Wimbledon e US Open) e mais a medalha de ouro olímpica em simples.

Djokovic já venceu os três primeiros slams de 2021, e tem na medalha seu próximo objetivo. Seu rival nas quartas de final será o japonês Kei Nishikori, ex-top 5 e atual #69, que superou nesta quarta o bielorrusso Ilya Ivashka (#66) por 7/6(7) e 6/0.

Susto só no começo

De modo geral, Djokovic foi muito superior a Fokina em todos os quesitos, mas o espanhol teve uma pequena chance de abrir vantagem no placar. Aconteceu no terceiro game do primeiro set, quando Nole sacou em 15/40, com dois break points para Fokina. O espanhol no entanto, cometeu dois erros não forçados em sequência e desperdiçou a oportunidade. Djokovic rapidamente fechou a janela e, logo no quarto game, converteu seu terceiro break point, quebrou o rival e disparou na frente fazendo 4/1 com seu serviço pouco depois.

Após ficam atrás no placar, o espanhol jamais teve chance de reequilibrar as ações. Djokovic fechou o primeiro set por 6/3, quebrou o espanhol no terceiro game do segundo set e disparou na frente mais uma vez.