PUBLICIDADE
Topo

Yasmin lança campanha para internautas cobrarem COB por derrota de Medina

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/07/2021 01h30

Yasmin Brunet segue inconformada com a derrota de Gabriel Medina na semifinal do surfe nas Olimpíadas de Tóquio.

Em live feita em sua conta no Instagram, a modelo pediu para que os internautas fossem nas redes sociais do Comitê Olímpico Brasileiro e das demais entidades para questionar o resultado do brasileiro.

"O COB, a CBSurf está lá para representar os brasileiros, para defender eles. Todo mundo aqui viu que o Gabriel foi absurdamente roubado. Eles fizeram algo, não? Eles vão fazer alguma coisa? Não. Não vão fazer nada", disse ela.

"Queria pedir para vocês irem no Instagram do COB, da CBSurfe, do Time Brasil e pergunta para eles porque eles vão deixar um atleta deles ser completamente roubados? É assim que eles defendem os atletas? Agora vocês vão começar a entender o que eu estava falando desde o início", completou.

Apesar do apelo de Yasmin, o regulamento do surfe olímpico não permite o protesto contra as notas dadas pelos juízes.

Revoltada com os juízes da derrota de Gabriel Medina contra o japonês Kanoa Igarashi, ela reforçou o pedido aos seguidores: "Vão no Instagram deles e questionam porque eles não representam os atletas que eles levam para as Olimpíadas".

"Roubado na cara dura"

Após o resultado negativo, Medina pediu desculpa aos torcedores pela derrota. Nos comentários, sua esposa não hesitou em dar sua opinião sobre o que havia acontecido com o brasileiro.

"Lindo, você foi incrível, você foi roubado na cara dura e ninguém fez nada. Você fez tudo o que podia e muito mais. O Brasil todo viu. Te amo, meu lindo! Você é f***", disse ela.

Live para 65 mil pessoas

Em uma live no Instagram, que contou com a presença de 65 mil pessoas, a modelo deu a entender que o brasileiro foi roubado.

"Tá vendo? Se eu tivesse lá, eu pegava esse juiz. Vou nem falar nada. Infelizmente, como o surfe é subjetivo, dá para roubar fácil para as pessoas. É isso, puxam para o país", disse Yasmin, se referindo à vitória do japonês Kanoa Igarashi sobre o marido.

Durante a live, Yasmin foi da empolgação à tristeza na bateria que acabou com a derrota de Medina. Sem acreditar na virada que o marido tomou, a modelo não escondeu a frustração com as notas recebidas pelo japonês.

Orgulhosa

Depois de todo o alvoroço nas redes sociais, Yasmin se declarou para o companheiro e lamentou a ausência de alguém para se posicionar e defender Medina após os resultados dos juízes.