PUBLICIDADE
Topo

Hugo Calderano vence no tênis de mesa e avança às oitavas de final

Hugo Calderano em ação em treino nos Jogos Olímpicos de Tóquio - Gaspar Nóbrega/COB
Hugo Calderano em ação em treino nos Jogos Olímpicos de Tóquio Imagem: Gaspar Nóbrega/COB

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/07/2021 01h00

O brasileiro Hugo Calderano venceu Bojan Tokic nesta terça-feira (27), pela terceira rodada do tênis de mesa nas Olimpíadas de Tóquio-2020. Com parciais de 13/11, 11/7, 7/11, 11/9 e 12/10, Calderano dominou a partida, induziu o adversário ao erro e conseguiu avançar às oitavas de final. Agora, ele irá enfrentar Jang Woo-Jin da Coréia do Sul, hoje (27), às 8h30 (horário de Brasília).

Com a vitória, o Brasil terá pela primeira vez na história dois representantes nas oitavas de final de uma Olimpíada. Gustavo Tsuboi, outro brasileiro, também se classificou às oitavas de final do tênis de mesa. Ele enfrenta Taiwan Yun Jun Lin, pelas oitavas de final, a partir das 4h30 (horário de Brasília) desta terça-feira (27).

O primeiro set foi de grande equilíbrio, mas Calderano conseguiu se sobressair no momento de decisão e fechar em 13 a 11, fazendo 1 a 0. Na segunda etapa, a história foi outra. Mesmo com maior equilíbrio, o brasileiro conseguiu um 11 a 7 e abriu 2 a 0. Entretanto, Tokic reagiu no terceiro set, com alguns erros de Calderano, e conseguiu vencer a etapa 11 a 7, diminuindo para 2 a 1.

A volta da partida foi de igualdade, com ambos muito cautelosos. O brasileiro conseguiu aproveitar muito a inconstância na recepção do esloveno e o obrigou até a pedir tempo quando o placar marcava 5 a 3. O ritmo de igualdade perdurou após a pausa. Mas um erro do esloveno no 9 a 9 foi decisivo para Calderano conquistar o set por 11 a 9, fechando em 3 a 1.

No último set, Calderano forçou o adversário ao erro em todo momento. Seu saque foi sempre realizado com muito efeito, e o esloveno não conseguia fazer a recepção. O brasileiro a todo momento procurava o lado esquerdo de Tokic, que não alcançava a mesa. O match point veio naturalmente, com 10/8, mas o esloveno conseguiu recuperar e fazer 10/10. Mas mesmo assim, o dia era do brasileiro. Com 12/10, ele fechou a partida em 4 a 1 e vai às oitavas de final.