PUBLICIDADE
Topo

Simone Biles agradece companheiras dos EUA: 'Lutaram quando eu não podia'

Jordan Chiles e Simone Biles durante as finas da ginástica artística - REUTERS/Mike Blake
Jordan Chiles e Simone Biles durante as finas da ginástica artística Imagem: REUTERS/Mike Blake

Do UOL, em São Paulo

27/07/2021 14h56

Simone Biles usou as redes sociais na tarde de hoje (horário de Brasília) para agradecer as companheiras de ginástica dos Estados Unidos pelo apoio depois que ela se retirou da disputa das finais por equipes nas Olimpíadas de Tóquio. A multicampeã abandonou a competição e disse estar priorizando sua saúde mental.

"Estou MUITO orgulhosa dessas meninas aqui. Vocês são incrivelmente corajosas e talentosas! Serei para sempre inspirada por sua determinação de não desistir e lutar contra a adversidade!", escreveu.

"Elas lutaram quando eu não podia. Obrigada por estarem lá por mim e por me apoiar! Amo vocês para sempre", acrescentou.

A melhor ginasta da atualidade saiu da prova depois de uma apresentação ruim no salto, em que teve a pior nota de partida e também a pior nota de execução entre americanas e russas, que estavam na mesma rotação. Ela deixou o ginásio por alguns minutos e voltou de agasalho.

Aos jornalistas, contou que não se sentiu bem. "Eu estava me sentindo muito confortável no aquecimento, não sei bem o que aconteceu, mas estou lutando com algumas coisas", afirmou. A equipe de ginástica dos EUA havia justificado a saída por "questões médicas".

Sem Biles, os Estados Unidos perderam a invencibilidade de oito anos na competição por equipes, que determina quem tem a ginástica artística feminina mais poderosa do mundo. A equipe terminou em segundo, com a prata, atrás do time da Rússia.

Simone Biles ainda tem outras provas para disputar em Tóquio — a principal delas daqui a dois dias, na manhã de quinta-feira (29) no Brasil (7h50), na final do individual geral.