PUBLICIDADE
Topo

Alan Fonteles diz que foi agredido e ameaçado por funcionário do Detran

Alan Fonteles, campeão mundial e paralímpico de atletismo - Daniel Zappe/MPIX/CPB
Alan Fonteles, campeão mundial e paralímpico de atletismo Imagem: Daniel Zappe/MPIX/CPB

Leandro Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

27/07/2021 18h22

Alan Fonteles, campeão mundial e paralímpico, disse ter sido agredido e ameaçado com uma arma por um funcionário do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), em São Paulo. Ele relatou a agressão em entrevista à TV Bandeirantes na tarde de hoje. Procurado pelo UOL Esporte, o Detran lamentou o ocorrido e disse que vai apurar o caso, que aconteceu no pátio Presidente Wilson.

O paratleta contou que havia ido com a namorada e o sogro retirar um carro apreendido no dia anterior por conta do licenciamento no pátio do Detran. Ele disse a agressão aconteceu depois de uma reclamação durante a vistoria do automóvel.

"Antes de retirar [o carro], o funcionário estava tratando muito mal, com falta de educação. Na hora de fazer a vistoria no carro, vi que tinha uma uma parte amassada e um dos funcionários forçou o câmbio. Eu fui reclamar e ele não gostou, disse para eu reclamar com o governo e entrar com uma ação para ser ressarcido", afirmou.

"Ele [funcionário] xingou a gente, partiu para cima do meu sogro. Ele bateu no meu sogro, conseguiu dar um tapa na minha namorada. Eu fui para cima dele, ele me derrubou e a arma caiu da cintura dele. Ele pegou a arma e apontou para a gente", acrescentou.

Alan Fonteles viaja no dia 6 de agosto para Tóquio, no Japão, onde vai representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos. Será a quarta participação do esportista no evento.

Fonteles é dono de três medalhas paralímpicas — ouro individual em Londres-2012 e duas pratas por equipe (Pequim-2008 e Rio-2016).