PUBLICIDADE
Topo

Ledecky estabelece recorde olímpico nos 1500m livre; brasileiras caem

Ledecky já era recordista mundial e agora estabeleceu o recorde olímpico também -
Ledecky já era recordista mundial e agora estabeleceu o recorde olímpico também

Colaboração para o UOL

26/07/2021 09h27

As mulheres disputaram pela primeira vez uma prova de 1500m livre em Olimpíadas, e Katie Ledecky aproveitou para colocar seu nome mais uma vez na história dos Jogos.

A nadadora norte-americana, recordista mundial, estabeleceu o primeiro recorde olímpico da prova, terminando a quinta e última série do dia com o tempo de 15min35s35, garantindo a vaga para a final, marcada para a noite da terça-feira no horário brasileiro.

Vale destacar que Ledecky competiu, horas antes, na final dos 400m livre, quando foi surpreendida por Ariarne Titmus e ficou com a prata, perdendo pela primeira vez uma disputa olímpica.

O Brasil teve duas representantes na prova, mas ambas ficaram fora da final.

Beatriz Pimentel foi a primeira brasileira a pular na piscina e terminou em segundo na sua bateria. Depois de passar a primeira metade da prova na quinta posição, a paulistana de 21 anos acelerou seu ritmo e fechou na segunda posição com 16min29s37, atrás apenas da austriaca Marlene Kahler, que terminou a prova em 16min20s05.

Logo em seguida foi a vez de Viviane Jungblut, que pegou uma competição mais difícil e ficou apenas na quarta posição da bateria, mas com um tempo melhor até mesmo que o da vencedora da eliminatória anterior, terminando com 16min21s29.