PUBLICIDADE
Topo

Daniel Alves questiona arbitragem e elogia desempenho do Brasil em 0 a 0

Daniel Alves durante partida da seleção brasileira olímpica contra a Costa do Marfim, hoje (25), no Japão - Lucas Figueiredo/CBF
Daniel Alves durante partida da seleção brasileira olímpica contra a Costa do Marfim, hoje (25), no Japão Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Do UOL, em São Paulo

25/07/2021 07h53

Capitão da seleção brasileira no futebol masculino na disputa das Olimpíadas de Tóquio, o lateral-direito Daniel Alves disse que "tem dúvidas" sobre a expulsão do volante Douglas Luiz na partida de hoje (25), contra a Costa do Marfim. Com um jogador a menos durante 70 minutos, o Brasil empatou em 0 a 0 e ainda não garantiu sua classificação no Grupo D.

"Não acredito que a expulsão tenha dificultado nossa proposta de jogo. Conseguimos colocar as melhores ocasiões, as melhores oportunidades de gol, mesmo com um a menos. São circunstâncias do jogo e temos que nos sobrepor às circunstâncias do jogo. Ainda tenho minhas dúvidas se foi lance para expulsão ou não, mas faz parte do jogo. Temos que valorizar o grande trabalho que fizemos no dia de hoje", disse à "TV Globo" o experiente lateral.

Douglas Luiz foi expulso aos 13 minutos do primeiro tempo depois de uma falta em Youssouf Dao perto da entrada da área. O próprio volante não conseguiu fazer um domínio no meio-campo, cedeu o contra-ataque e derrubou o marfinense. O árbitro Ismael Elfath mostrou cartão amarelo, mas depois contou com ajuda da arbitragem de vídeo e mudou para o vermelho. Torcedores brasileiros reclamaram da decisão.

A Costa do Marfim teve Kouassi expulso aos 34 minutos do segundo tempo, o que fez o Brasil jogar 70 minutos com um jogador a menos. Mesmo assim, foi um jogo de imposição técnica da seleção comandada por André Jardine, que terminou com oito finalizações contra seis dos africanos, além de 56% de posse de bola.

O Brasil fecha participação na primeira fase dos Jogos Olímpicos na quarta-feira (28), às 5h, em Saitama, contra a Arábia Saudita. O time é líder do Grupo D com os mesmos quatro pontos da Costa do Marfim, mas um gol a mais de saldo.