PUBLICIDADE
Topo

Ítalo Ferreira vence bateria em estreia do surfe e avança nas Olimpíadas

Ítalo Ferreira vence a primeira bateria da história do surfe nos Jogos Olímpicos - REUTERS/Lisi Niesner
Ítalo Ferreira vence a primeira bateria da história do surfe nos Jogos Olímpicos Imagem: REUTERS/Lisi Niesner

Do UOL, em São Paulo

24/07/2021 19h33Atualizada em 24/07/2021 23h06

O Brasil começou com o pé direito na estreia do surfe nas Olimpíadas de Tóquio. O brasileiro Ítalo Ferreira, atual campeão mundial, confirmou o favoritismo, venceu a primeira bateria e avançou às oitavas de final. A disputa foi realizada na praia de Tsurugasaki.

Em uma disputa bastante acirrada, Ítalo levou vantagem ao apostar nos aéreos e fechou na liderança com 13.67 no somatório, com ondas de 7 e 6,67 pontos. O japonês Hiroto Ohhara, surfista local, foi o segundo, com 11.40 (6 e 5,4). Os dois garantem vaga para a próxima fase. O italiano Leonardo Fioravanti (9.43) e o argentino Leandro Usuna (8.27) vão para a repescagem.

"Estou muito feliz, estou até arrepiado. Estava muito ansioso antes da bateria, mas depois comecei a pegar onda e me divertir. Treinei muito para estar aqui. É muito especial para mim", disse o brasileiro após a disputa.

A estreia do surfe em Olimpíadas foi sem ondas extravagantes em Tsurugasaki. Ítalo foi o primeiro a se arriscar, mas logo viu o japonês Ohhara assumir a vantagem da bateria.

Restando quatro minutos para o fim, o brasileiro passou a apostar nas manobras aéreas e conseguiu a virada. Com a liderança praticamente assegurada, Ítalo conseguiu ampliar a vantagem e fechar com 13.67.

"O mar está duas ou três vezes melhor do que os outros dias que estávamos treinando. Hoje é lucro. E provavelmente amanhã vai estar melhor. Mas o atleta tem que estar preparado para qualquer tipo de coisa. Estou bem confiante", acrescentou.

"Existe a pressão, mas é reverter para o lado bom, entrar na água e se divertir. Mandei um último aéreo ali e apontei para os caras e comecei a rir. Estou aproveitando com os brasileiros da nossa equipe que estão ali na areia, é a maior energia", completou Ítalo.

Medina vence e avança

Já na última bateria da primeira fase, o também brasileiro Gabriel Medina venceu a disputa contra o francês Michel Bourez e contra o alemão Leon Glatzer e foi direto para as oitavas de final.

Com as vitórias, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira ficaram em lados opostos nas chaves e agora só se encontram no mata-mata em uma eventual final, na disputa do ouro e bronze.

O Brasil ainda terá representantes no feminino. Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima estão na disputa das mulheres.