PUBLICIDADE
Topo

Olimpíadas: Brasil fica fora da final por equipes na ginástica masculina

Arthur Nory caiu na barra e no solo, e o Brasil ficou de fora da final por equipes nas Olimpíadas de Tóquio - Gaspar Nobrega/ COB
Arthur Nory caiu na barra e no solo, e o Brasil ficou de fora da final por equipes nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: Gaspar Nobrega/ COB

Do UOL

24/07/2021 09h39

A seleção masculina de ginástica artística está fora da final por equipes nas Olimpíadas de Tóquio. O Brasil estava em sétimo antes da subdivisão 3, último grupo de países que disputavam as vagas, mas foi ultrapassado por Estados Unidos e Alemanha, ficando na nona posição. Só os oito melhores se classificam para a decisão, que será na segunda-feira (26), às 7 horas.

A exibição brasileira ficou marcada pelas falhas de Arthur Nory, que errou nos dois aparelhos em que buscava classificação para a final. Campeão mundial da barra fixa em 2019 e medalhista olímpico do solo na Rio-2016, Nory teve uma apresentação com muitos erros na barra e, no solo, caiu sentado ao fim da última passada. O ginasta era uma das esperanças de medalha do país na modalidade.

Esta foi a segunda vez que o Brasil teve o time completo na disputa masculina. No Rio, em 2016, a formação com Chico Barreto, Sérgio Sasaki, Arthur Zanetti, Diego Hypolito e Arthur Nory, o país ficou com o sexto lugar geral, passando perto de uma medalha.

A primeira posição nas equipes foi dos donos da casa. Os japoneses somaram 262.251 e sonham com o ouro na disputa que acontece na segunda-feira (26). O Brasil segue na disputa nos aparelhos, onde Arthur Zanetti (argolas), Caio Souza (salto) e Diogo Soares (individual geral).