PUBLICIDADE
Topo

Olimpíadas

Moradores de Tóquio protestam contra Olimpíadas: "Vai para o inferno COI"

Juliana Sayuri

Do UOL, em Tóquio (Japão)

23/07/2021 03h46

Cerca de 100 japoneses se reuniram em frente a sede do governo metropolitano de Tóquio para protestar contra a realização das Olimpíadas. A manifestação ocorreu no dia da abertura do evento, marcada para o feriado nacional do esporte.

O protesto contou com a participação de estudantes universitários e idosos. O principal alvo das reclamações foi o COI (Comitê Olímpico Internacional) e seu presidente, Thomás Bach.

Os manifestantes levaram faixas, cartazes e leques com slogans antiolímpicos. O ato se concentrou em uma área delimitada pela polícia japonesa. Para expressar sua contrariedade com a realização das Olimpíadas em meio a pandemia, eles direcionaram palavras de ordem bastante duras: "Vai para casa, Bach!", "não precisamos de Olimpíadas" e "vai para o inferno COI".

O Japão está em estado de emergência e o evento esportivo sofre forte resistência. De acordo com pesquisa do jornal Asahi Shimbun, 43% dos entrevistados desejam o cancelamento dos Jogos e outros 40% pedem o adiamento. Apenas 14% da população defende as Olimpíadas.

O risco de um surto de covid-19 aliado ao ritmo lento de vacinação é o principal motivo. Mas o gasto com a organização em meio a emergência sanitária também é citada.

A poucos metros da manifestação, outras centenas de pessoas se concentraram nas passarelas que ligam a sede do governo ao parque Shinjuku Chuo. O motivo da reunião era bem diferente. Com sombrinhas coloridas para se proteger do sol forte do meio-dia (hora Tóquio), elas olhavam para o céu, à espera da passagem de aviões que fariam os anéis olímpicos nos céus da capital.

Olimpíadas