PUBLICIDADE
Topo

Esporte

72% dos japoneses querem adiamento ou cancelamento da Olimpíada

Pedestre caminha em frente a pôster da Olimpíada de Tóquio - Kim Kyung Hoon
Pedestre caminha em frente a pôster da Olimpíada de Tóquio Imagem: Kim Kyung Hoon

UOL, em São Paulo

24/01/2021 14h45

Uma pesquisa divulgada neste domingo (24) mostrou que 37,9% dos japoneses acham que a Olimpíada de Tóquio deveria ser cancelada. Outros 34% querem que o evento seja ao menos adiado. O levantamento foi realizado pelo Instituto de Pesquisa de Imprensa do Japão.

Segundo o jornal "The Japan Times", que divulgou a pesquisa, apenas 26,1% dos japoneses disseram que os Jogos Olímpicos deveriam ocorrer dentro do cronograma.

Inicialmente prevista para julho de 2020, a Olimpíada de Tóquio foi adiada para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto deste ano por causa da pandemia do coronavírus.

A disseminação do vírus da covid-19 é a principal razão para que 72% dos japoneses queiram o adiamento ou cancelamento dos jogos. Desse grupo, 83,4% disseram que a Olimpíada levaria pessoas de todo mundo ao país, aumentando a proliferação do vírus.

Entre os que apoiam a realização dos jogos em julho, 67% apontaram a preparação dos atletas como motivo para a opinião.

A pesquisa mostrou ainda que 44,8% disseram que se os jogos forem cancelados ou adiados novamente, os preparativos feitos até o momento, incluindo a construção de instalações esportivas, acabam sendo um desperdício de recursos.

O levantamento foi realizado entre 30 de outubro e 17 de novembro do ano passado, com cerca de 3.000 pessoas com 18 anos ou mais.

Na semana passada, o COI (Comitê Olímpico Internacional) e o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, garantiram que os Jogos Olímpicos de Tóquio vão acontecer na data prevista.

Esporte