PUBLICIDADE
Topo

Olhar Olímpico

Eliminação na estreia de Bernardinho não ameaça França no Mundial de vôlei

Bernardinho no comando da França - Divulgação/CEV
Bernardinho no comando da França Imagem: Divulgação/CEV
Demétrio Vecchioli

Demétrio Vecchioli, jornalista nascido em São Roque (SP), é graduado e pós-graduado pela Faculdade Cásper Líbero. Começou na Rádio Gazeta, foi repórter na Agência Estado e no Estadão. Dedicado à cobertura de esportes olímpicos, escreveu para o UOL, para a revista Istoé 2016, foi colunista da Rádio Estadão e, antes do Olhar Olímpico, manteve o blog Olimpílulas. Neste espaço, olha para os protagonistas e os palcos do esporte olímpico. No Olhar Olímpico têm destaque tanto os grandes atletas quanto as grandes histórias. O olhar também está sobre os agentes públicos e os dirigentes esportivos, fiscalizados com lupa. Se você tem críticas, elogios e principalmente sugestões de pautas, escreva para demetrio.prado@gmail.com

13/09/2021 16h05

Quando Bernardinho foi anunciado técnico da seleção francesa de vôlei, o cargo parecia perfeito para o brasileiro, que assumiria uma equipe de nível internacional intermediário, mas com potencial para brigar no topo. Antes de ele assumir o posto, porém, a França surpreendeu e se tornou campeã olímpica em Tóquio.

Assim, Bernardinho chegou ao cargo tendo na mão a melhor equipe do mundo. E sua estreia, no Campeonato Europeu, foi um fracasso. Depois de fechar a fase de classificação com a melhor campanha, o time francês foi eliminado hoje (13) com uma surpreendente derrota por 3 sets a 0 para a República Tcheca, nas oitavas de final.

O Europeu, como os demais campeonatos continentais que estão sendo disputados depois da Olimpíada, é classificatório para o Mundial do ano que vem, que vai acontecer na Rússia. Mas, em uma forma de não correr risco de deixar de fora equipes de ponta, o Mundial só tem campeão e vice de cada continente. As demais 12 vagas são definidas pelo ranking mundial.

Assim, apesar da eliminação ainda nas oitavas de final, que deixa a França fora do grupo das oito primeiras do Europeu, o time de Bernardinho deverá se classificar para o Mundial, porque está em quarto no ranking depois do ouro em Tóquio. O Brasil lidera a lista e, de qualquer forma, se classificou para o Mundial vencendo o Sul-Americano.

O Europeu está sendo jogado paralelamente em dois países, Polônia e República Tcheca, com final marcada para acontecer na Polônia. Na chave de lá as quartas de final terão Holanda x Sérvia, Polônia x Rússia. Na chave tcheca, Itália x Alemanha e Eslovênia x República Tcheca.