PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Kattar levou 274 golpes na cabeça em surra sofrida para Holloway no UFC

Max Holloway acerta cotovelada na cabeça de Calvin Kattar - Jeff Bottari/Zuffa LLC
Max Holloway acerta cotovelada na cabeça de Calvin Kattar Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC

Do UOL, em São Paulo

17/01/2021 10h04

O primeiro evento do UFC em 2021 ficou marcado pela vitória contundente de Max Holloway sobre Calvin Kattar, no duelo principal do card da "Ilha da Luta", em Abu Dhabi, ontem (16). Durante os cinco rounds, o ex-campeão dos penas acertou 445 golpes no adversário, sendo 274 golpes na cabeça.

O domínio de Holloway foi tanto que dois rounds foram vencidos por Holloway por 10 a 8. No MMA, um lutador precisa ser derrotado de maneira contundente em um assalto para levar menos que nove pontos. A surra foi considerada unânime nos rounds 2 e 4.

O quarto round foi justamente o que Holloway mostrou maior domínio. Ele acertou 141 golpes significativos no adversário. Com dificuldades para equilibrar a luta, Kattar conseguiu atingir o rival apenas 34 vezes. No segundo assalto, em que Holloway também levou por 10 a 8, a diferença de golpes bem sucedidos foi de 89 a 20.

Os jurados discordaram apenas na marcação do quinto round da luta principal da "Ilha da Luta". Enquanto Mike Bell e Ben Cartlidge marcaram 10 a 9 para Holloway, David Lethaby viu um novo assalto merecedor de um 10 a 8. Durante esses cinco minutos, o ex-campeão dos penas desferiu 84 golpes, enquanto o rival acertou apenas 26.

Depois da região da cabeça, que recebeu 274 golpes, o local em que Holloway mais atingiu Kattar foi no corpo com 117 batidas. A perna de Kattar ainda foi atingida 54 vezes antes do fim da luta.

Apesar de aguentar bem os golpes que recebeu durante os cinco rounds, Kattar encontrou muita dificuldade para responder à surra que estava levando. Ele conseguiu acertar apenas 133 golpes dos 283 que tentou, sendo 99 na cabeça, 16 no corpo e 18 na perna.

A vitória convincente de Max Holloway fez com que Dana White, presidente da organização, cogitasse uma terceira luta dele contra Alexander Volkanovski, atual campeão dos penas. Nas outras duas oportunidades, ambas valendo cinturão, Holloway acabou derrotado.

"Hoje ele lutou contra um cara difícil que um monte de gente dizia que venceria ele. Ele foi lá e o tratou como o sexto do ranking. Ele fez o que tinha que fazendo dando um show essa noite. Penso que ele merece essa luta contra Volkanovski novamente", disse.

O duelo entre Max Holloway e Calvin Kattar foi considerada a "Luta da Noite" do primeiro evento do UFC no ano. Cada um deles levou um bônus de US$ 50 mil (R$ 264,6 mil).

MMA