PUBLICIDADE
Topo

MMA


UFC: Por que brasileiro ficará sem título mesmo se vencer luta por cinturão

Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images
Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Brunno Carvalho

Do UOL, em São Paulo

29/02/2020 04h00

Deiveson Figueiredo entrará no octógono do UFC hoje (29) para enfrentar o campeão Joseph Benavidez sabendo que o cinturão não virá para o Brasil mesmo em caso de vitória. Na pesagem de ontem (28), o paraense não conseguiu bater o peso da categoria dos moscas (57 kg) e viu sua chance de título ir embora.

O brasileiro subiu na balança com 1,1 kg acima do limite exigido para uma disputa de cinturão na categoria dos moscas. Ele encontrou em um acordo com Benavidez para que a luta acontecesse mesmo assim. No entanto, ele não terá a chance de ficar com o cinturão e ainda levou uma multa de 30% na bolsa que levará pela luta.

Dessa maneira, apenas Benavidez tem a chance de ser campeão, caso vença a luta. Se Deiveson vencer o combate, o cinturão dos moscas do UFC ficará vago.

Em entrevista à "Ag. Fight", o preparador físico de Deiveson, Elton Rocha, disse acreditar que o frio do inverno nos Estados Unidos possa ter dificultado o processo de perda de peso do brasileiro. "O nosso clima da região Norte é quente demais, então o clima pode ser um fator, com certeza. Aqui a gente entra na academia e, mesmo sem fazer nada, já estamos suando muito. Acredito que isso possa ser um dos fatores que podem tê-lo influenciado a não bater o peso".

Deiveson Figueiredo chegou ao UFC em junho de 2017. Desde então, fez sete lutas pela organização, sendo derrotado apenas por Jussier Formiga. O combate contra Joseph Benavidez acontecerá na cidade de Norkfolk, na Virgínia (EUA), e será o principal duelo do evento.

MMA