PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Ele não para! Rival de Demian Maia provoca torcida em pesagem do UFC SP

Derek Brunson e Lyoto Machida fazem encarada tensa na pesagem do UFC SP - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

27/10/2017 18h25

A pesagem cerimonial do UFC São Paulo contou com um show de provocações de Colby Covington. Adversário de Demian Maia na segunda luta mais importante da noite, o norte-americano se mostrou empolgado em encarar a ira dos fãs presentes no ginásio do Ibirapuera.

O norte-americano já entrou no ginásio provocando à torcida. Assim que subiu ao palco, colocou a mão no ouvido e passou a “reger” os gritos de “uh, vai morrer”. Em cima da balança fez o tradicional gesto de que iria cortar a cabeça do brasileiro.

Conhecido pelo seu estilo calmo, Demian Maia subiu com ar de seriedade ao palco. Na hora da encarada, cumprimentou o norte-americano e não proferiu nenhuma palavra ao rival.

“Estou há muitos anos nesse esporte. Já lutei com todos os tipos de lutadores, os que fala, os que não falam. Isso para mim não faz diferença”, minimizou Demian ao “Combate”.

Na sequência, foi a vez dos integrantes da luta principal subirem ao palco. O primeiro foi o brasileiro Lyoto Machida. Mostrando muita animação, o “Dragão” subiu à balança e soltou gritos que empolgaram os fãs.

Depois do brasileiro, Brunson apareceu e pediu para a torcida aumentar os gritos provocativos. Na encarada, um clima quente surgiu entre o americano e o brasileiro.

“Não tinha melhor lugar para voltar a lutar do que aqui no Brasil. A torcida é mais um homem em campo”, afirmou Machida.

“Eu amo essa torcida, mas infelizmente vocês não podem entrar no cage com ele (Machida). Vou lá e vou encerrar a noite”, rebateu Brunson, gerando vaias do público.

A primeira provocação da noite aconteceu logo na encarada entre Deiveson Figueiredo e Jarred Brooks, que se enfrentarão no card preliminar. Após subirem à balança, os dois ficaram se provocando em tom de brincadeira, até que o norte-americano deu um tapa na mão do brasileiro, fazendo com que a organização se colocasse entre os dois.

Mas o primeiro a incomodar a torcida foi Niko Price. Em cima da balança, o norte-americano exibiu os polegares para baixo em direção ao público presente no ginásio do Ibirapuera. Ele enfrentará o brasileiro Vicente Luque.

O UFC São Paulo acontecerá neste sábado (28), no ginásio do Ibirapuera. O duelo entre Lyoto Machida e Derek Brunson será o principal da noite.

UFC São Paulo
28 de outubro, em São Paulo

CARD PRINCIPAL
Médio: Derek Brunson x Lyoto Machida
Meio-médio: Demian Maia x Colby Covington
Galo: Pedro Munhoz x Rob Font
Leve: Francisco Massaranduba x Jim Miller
Médio: Thiago Marreta x Jack Hermansson
Galo: John Lineker x Marlon Vera

CARD PRELIMINAR
Meio-médio: Vicente Luque x Niko Price
Médio: Antônio Cara de Sapato x Jack Marshman
Meio-médio: Elizeu Capoeira x Max Griffin
Leve: Hacran Dias x Jared Gordon
Mosca: Deiveson Alcântara x Jarred Brooks
Pesado: Marcelo Golm x Christian Colombo

MMA