PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Dana White se diz orgulhoso de Conor McGregor, mas o quer de volta no UFC

Jorge Corrêa

Do UOL, em Las Vegas (EUA)

27/08/2017 05h29

Como era esperado pela imensa maioria das pessoas – talvez não apenas pelos irlandeses mais fanático – Conor McGregor recebeu uma verdadeira aula de boxe de Floyd Mayweather, neste sábado, e acabou nocauteado no 10º round em Las Vegas. Mas seu chefe não está nenhum pouco chateado com esse resultado negativo.

Após o combate, Dana White disse estar muito orgulhoso do irlandês, mesmo com a dura derrota sofrida em sua estreia no boxe profissional. “Não sei se essa for a melhor luta de boxe que vimos, mas Conor conseguiu acertar Floyd muitas vezes”.

“Estou orgulhoso do que aconteceu. Não foi como imaginava, por ele estar fazendo sua primeira luta de boxe profissional, foram 10 rounds, muito mais que ele está acostumado a fazer. Mas muita gente falou que McGregor não acertaria um único golpe em Mayweather. Pois bem, acertou mais do que qualquer um que durou tanto tempo em uma luta com Floyd”, explicou.

Mas o presidente do UFC rechaçou qualquer possibilidade de apoiar novamente seu comandado em uma aventura no ringue de quatro lados. Para Dana White, o lugar do irlandês é dentro do octógono. “Isso é o que ele faz, ele é um lutador de MMA. Lá é onde ele pode usar todas as suas armas. Nessa noite ele pode usar apenas suas mãos.”

“Ele teve uma grande noite e não tem mais nada a provar para ninguém. Acredito que agora ele tem que lutar MMA”, seguiu Dana White. “Sempre que se faz algo dessa magnitude, tem muita gente negativa falando. Veja os golpes que que acertou no Floyd. Para mim ele foi incrível.”

Mas mesmo pedindo a volta de Conor para o UFC, o chefão preferiu não falar em possíveis nomes ou datas para seu retorno ao octógono. “Não vou falar de luta para McGregor agora. Acabou de sair de 10 rounds incríveis. Quando estiver pronto para voltar, ele vai me avisar.”

MMA