PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Edgar chama Ultimate de circo e dispara: 'C de UFC significa Conor'

Ex-campeão dos leves do UFC disparou contra a franquia - Getty Images
Ex-campeão dos leves do UFC disparou contra a franquia Imagem: Getty Images

24/02/2016 16h33

Ex-campeão dos leves do Ultimate, Frankie Edgar não aguentou mais uma posição da organização a favor de Conor McGregor e disparou contra a franquia e, em especialmente contra o presidente Dana White. O americano não gostou das insinuações do mandatário de que ele teria recusado substituir Rafael Dos Anjos, lesionado, no UFC 196 e disse estar lesionado.

- Estou lesionado há quatro semanas e agora fiquei furioso de ter deixado escapar mais uma chance de encarar esse cara. Quero essa luta há meses. Não simplesmente distendi minha virilha, eu a rompi. Eu enviei a ressonância magnética para o Dana e para todos no UFC. Estou mais irritado de ver o Dana insinuar que me recusei a enfrentar o Conor. Isso é mentira. Só porque eles perguntaram, não significa que me dariam a luta, porque em julho eles me pediram para aceitar a luta em 15 dias (no UFC 189), eu aceitei, e ainda assim não recebi (a chance) - disse Edgar, em entrevista ao site americano "MMA Fighting".

Sobre mais uma atitude para "ajudar" McGregor, já que o lutador agora vai lutar na categoria dos meio-médios diante de Nate Diaz, Edgar garantiu que o UFC faz todas suas vontades e chamou a entidade de "circo".

- Deixam esse cara manter o título dos penas, subir para os leves e agora estas pisões estão paradas por isso. Agora a história é que o Conor vai para os meio-médios. Isso é um circo. O "C" em UFC significa Conor. Esse cara é o dono do show - disparou o ex-campeão dos leves.

MMA