PUBLICIDADE
Topo

MMA


Encontro entre Aldo e McGregor pega fogo e termina em encarada tensa

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/03/2015 15h18

Pegou fogo o primeiro encontro entre o campeão dos penas do UFC José Aldo e o irlandês Conor McGregor nesta sexta-feira (20). Os dois se encontraram no início da turnê mundial para promover o combate pelo título da categoria no UFC 189, marcado para 11 de julho, em Las Vegas. Sob o comando do presidente Dana White, a dupla trocou provocações o tempo inteiro e protagonizou uma encarada tensa.

Aldo subiu ao palco e mostrou o dedo médio para o desafiante. Durante toda a coletiva, a torcida vaiou, xingou e perseguiu o irlandês. Por sua vez, o desafiante cruzou as pernas em cima da bancada para risos do mandatário Dana White.

"Sou rápido. Vou dar um gancho de esquerda e quebrar o nariz dele. Se fosse em outra época, invadiria a favela dele e tomaria o cinturão na marra", afirmou McGregor.

"Eu luto MMA. Nem parado ele consegue me acertar. Ainda mais com minha movimentação. Ele não manda em nada, sabe quem é o rei do Rio. Nada que fala me afeta. É um bobalhão. Essa luta será a maior da categoria na história do UFC ", respondeu Aldo.

A campeã peso galo feminino, Ronda Rousey, e a desafiante Bethe Correia também trocaram acusações e mantiveram o clima de rivalidade durante todo o evento no Maracanãzinho. As duas se enfrentam em 1 de agosto na Arena da Barra, no Rio de Janeiro.

Na última quinta-feira (19), McGregor já havia provocado Aldo durante evento em um pub irlandês localizado em Ipanema. O desafiante bebeu, atirou dardos em um alvo com a foto do brasileiro e ainda “comeu” um pôster de Aldo. Ele proclamou-se o “dono do Rio” e garantiu estar pronto para “matar” o dono do cinturão.

A turnê mundial com os lutadores passará por oito cidades em 12 dias. Após o encontro no Rio de Janeiro, eles repetem a dose em Las Vegas, Los Angeles, Boston, Nova York, Toronto, Londres e Dublin.

MMA