PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Ronda leva susto, mas mantém tradição e confirma cinturão do UFC com chave de braço no 1º round

Do UOL, em São Paulo

24/02/2013 02h14

Não foi tão fácil quanto os fãs esperavam, mas Ronda Rousey mostrou porque é um fenômeno no MMA. Depois de quase ser finalizada com um mata-leão, a americana conseguiu sua sétima vitória no MMA profissional, a sétima por finalização, a sétima no primeiro round, a sétima com uma chave de braço. Sua vítima agora foi Liz Carmouche, na luta principal do UFC 157.

Essa foi uma luta histórica, por ter sido a primeira entre mulheres no UFC, e ela serviu para Ronda confirmar seu cinturão feminino dos pesos galo do evento. Apesar de ter sido declarada campeã pelo presidente Dana White, ela vinha dizendo que só seria dona do cinturão de verdade depois que vencesse um combate no octógono.

"Estava bem ruim a posição [do mata-leão], estava resistindo, tentando tirar a perna da Liz e sair dali. O segredo é ser paciente no MMA, estava tentando fazer da melhor maneira possível. O que aconteceu antes não importa, o que importa é que eu venci essa luta", disse Ronda no octógono.

Ronda começou a luta encurtando a distância para tentar levar Liz para o chão. Em um primeiro momento, até conseguiu, mas rapidamente a desafiante reverteu a posição e foi para as costas da campeã. Rousey seguiu em pé e Carmouche passou a apertar muito forte o mata-leão, apesar de a posição não ter ficado perfeita. Assim, a dona do cinturão conseguiu sair do golpe.

"Foi tudo incrível, agradeço a oportunidade de ter lutado pelo cinturão. Foi muito importante para mim. Estava na esperança de conseguir a finalização, mas ela conseguiu se livrar", completou Liz Carmouche.

Com a luta em pé novamente, Ronda conseguiu a queda e ficou por cima, golpeando a cabeça da rival no ground and pound. Era o que ela precisava para tentar sua tradicional chave de braço. Após algumas tentativas, finalmente puxou o braço de Carmouche, que deu os três tapinhas faltando 11 segundos para o final do primeiro round.

Card Principal
Ronda Rousey finalizou Liz Carmouche (chave de braço) a 4min49 do 1º round
Lyoto Machida venceu Dan Henderson por pontos, em decisão dividida dos juízes
Urijah Faber finalizou Ivan Menjivar (mata-leão) a 4min34 do 1º round
Court McGee venceu Josh Neer por pontos, em decisão unânime dos juízes
Robbie Lawler nocauteou Josh Koscheck a 3min57 do 1º round


Card Preliminar
Brendan Shaub venceu Lavar Johnson por pontos, em decisão unânime dos juízes
Michael Chiesa finalizou Anton Kuivanen (mata-leão) a 2min29 do 2º round
Dennis Bermudez venceu Matt Grice por pontos, em decisão dividida dos juízes
Sam Stout venceu Caros Fodor por pontos, em decisão dividida dos juízes
Kenny Robertson finalizou Brock Jardine (chave de joelho) a 2min57 do 1º round
Jon Manley venceu Neil Magny por pontos, em decisão unânime dos juízes
Nah-Shon Burrell venceu Yuri Villefort por pontos, em decisão unânime dos juízes

 

MELHORES MOMENTOS DO UFC 157

MMA