Topo

Esporte


Com baixa adesão, Tiago Camilo é eleito presidente de comissão do COB

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

18/04/2017 12h53

O judoca Tiago Camilo foi eleito o novo presidente da comissão de atletas olímpicos do Brasil, que ficará responsável pelo elo com o COB (Comitê Olímpico do Brasil). A pentatleta Yane Marques entra como vice. O pleito ocorreu nesta terça-feira na sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, e contou com baixa adesão. Dos 622 votantes aptos, apenas 170 fizeram valer seu direito.

"Pude ver os sistemas mundo afora. A ideia é levar um novo esporte para os atletas, e esse modelo de comissões para confederações menos organizadas", disse o novo presidente Tiago Camilo (prata em Sidney e bronze e Pequim). "Nossa luta será pelos atletas, e as mulheres estão incluídas, sem segregação, com direitos iguais", completou a vice Yane Marques (bronze em Londres).

A comissão foi criada em 2008 pelos atletas para que tivessem maior representatividade com o COB. Emanuel Rego, do vôlei de praia, era o presidente até a eleição desta terça-feira. Estavam aptos para votar todos os atletas que participaram das últimas duas Olimpíadas (Londres-2012 ou Rio-2016).

O presidente do COB, Carlos Arthur Nuzman, mostrou-se satisfeito com a eleição, mas cobrou maior participação dos atletas em decisões.

“Como ex-atleta acho que deve ter participação maior. Vivemos momento especial no esporte”, disse Nuzman para manifestar sua preocupação com a economia. “É uma grande preocupação. Já externei isso em outras ocasiões. Os recursos diminuíram assim como as verbas da loteria. Teremos que fazer uma concentração de esforços grande”, finalizou.

Esporte