PUBLICIDADE
Topo

Caso Nassar: Documentário 'Atleta A' acompanha ginastas vítimas de abuso

O documentário fala sobre os abusos sexuais que aconteceram durante mais de duas décadas - Divulgação
O documentário fala sobre os abusos sexuais que aconteceram durante mais de duas décadas Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

25/06/2020 18h27

Estreia hoje na Netflix o documentário "Atleta A", que conta a história das ginastas da seleção dos Estados Unidos que foram abusadas pelo ex-médico Larry Nassar por mais de 20 anos.

O filme é produzido pela ex-ginasta Jennifer Sey, que em entrevista para a "Vogue" britânica afirmou: "Essa é uma história sombria, e para conseguir equilibrar com esperança, o que eu acho que foi feito de forma brilhante, você precisa ser sincero sobre o que aconteceu. Não se pode dourar a pílula, é preciso falar a verdade."

Ela lembrou a ocasião em que 150 vítimas do ex-médico se juntaram em um tribunal para ler seus relatos sobre o trauma e a vergonha que sentiram após os abusos — o depoimento delas durou nove dias.

Os diretores Bonni Cohen e Jon Shenk escolheram essa cena como desfecho do documentário. Eles ressaltam que um depoimento já seria suficiente para que Nassar fosse condenado, mas as sobreviventes escolheram compartilhar suas histórias juntas:

"Deveria ter sido uma única mulher, mas não foi. Esse exército se dispôs e acho que isso vai dar esperança às mulheres. Certamente tem um lugar de destaque no movimento MeToo, esse momento simbólico de quando as mulheres se juntaram, se apoiaram e criaram um movimento dentro do movimento", explica Cohen.

Nassar foi preso em janeiro de 2018, com uma pena de mais de 300 anos de prisão. Além das histórias das vítimas, o documentário também mostra o esforço de jornalistas para tornar o caso público e as tentativas de treinadores e outros membros da Federação de Ginástica dos Estados Unidos para abafar o escândalo.

Esporte