! Atlético-MG vence Juventude e se despede com dignidade - 04/12/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  04/12/2005 - 18h02
Atlético-MG vence Juventude e se despede com dignidade

Da Redação
Em São Paulo

Mesmo já rebaixado para a Segunda Divisão, o Atlético-MG encerrou sua participação no Campeonato Brasileiro com dignidade. Sem mostrar qualquer abatimento pela fraca campanha que culminou no seu descenso, o time mineiro venceu o Juventude por 3 a 1, de virada, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela última rodada do certame.

A equipe gaúcha, por sua vez, terminou a competição nacional na zona intermediária - 14ª colocação. O time, porém, iniciou esta rodada buscando uma vaga na Copa Sul-Americana. O que não seria possível nem mesmo em caso de vitória, já que o São Paulo bateu o Atlético-PR.

ATLÉTICO-MG VAI INVESTIR
Apesar de ter sido rebaixado para a Segunda Divisão, o Atlético-MG já anunciou que manteria o técnico Lori Sandri no comando da equipe. E ele, por sinal, já faz planos para a próxima temporada.

"Eu gosto e vou mostrar no mercado brasileiro jogadores que eu conheço e que tenho certeza absoluta que podem nos dar um retorno", falou o treinador.
Leia mais
Com seu rebaixamento já confirmado na rodada passada, o Atlético-MG apostou mais uma vez nos jogadores formados no clube. Mas foi o veterano Euller que garantiu a vitória do time mineiro. O jogador marcou o gol da virada e o terceiro do alvinegro no jogo.

A participação ativa de Euller na vitória atleticana, porém, não tira os méritos da garotada, que foi responsável pelo adiamento do descenso por algumas rodadas. Com a base formada pelos jovens, aliás, o Atlético-MG ficou invicto nas últimas cinco rodadas (quatro vitórias e um empate).

Agora, tanto o Juventude quanto o Atlético-MG começam a pensar na próxima temporada. O time de Caxias do Sul na disputa do Campeonato Gaúcho e do Brasileirão. E a equipe mineira no Mineiro e preparando o elenco para a disputa da Série B, além da Copa do Brasil.

O jogo
Apesar de já ter caído para a Segunda Divisão na rodada passada, o Atlético-MG entrou animado na partida desta tarde, contra o Juventude. Tanto que levou perigo logo aos 4min, quando Rodrigo Dias avançou pela direita e chutou forte. Rafael fez boa defesa.

Essa pressão do time mineiro se estendeu por alguns minutos na etapa inicial, enquanto o Juventude tentou encaixar alguns contra-ataques. Uma das boas chances da equipe de Caxias do Sul veio após escanteio aos 9min. Caíco cabeceou e obrigou ótima intervenção de Bruno.

Aos 22min foi a vez do Atlético-MG ameaçar. Euller recebeu a bola após cobrança de lateral da esquerda, ajeitou e chutou forte. A bola passou à direita do gol de Rafael.

A superioridade dos mineiros, porém, não resultou em gol, e o Juventude aproveitou melhor a chance que teve. Aos 30min, após tabela com Enílton, Juliano chutou cruzado da direita e mandou para o fundo do gol de Bruno, colocando os gaúchos em vantagem.

Antes do final do primeiro tempo, a equipe comandada por Hélio dos Anjos ainda perdeu dois jogadores lesionados. Lauro (com problema na virilha) e Índio (com dores musculares na coxa direita) deixaram o campo para as respectivas entradas da Daniel e Ederson.

Assim como no primeiro tempo, o Atlético-MG foi superior ao Juventude, que precisava vencer e ainda torcer por derrota de São Paulo e Fortaleza para chegar à Copa Sul-Americana. Essa obrigação atrapalhou o time gaúcho, que permitiu a virada dos mineiros.

O empate do Atlético-MG veio aos 25min, quando Cristiano arriscou chute forte da intermediária e acertou o gol defendido por Rafael. A virada aconteceu aos 32min, depois de cobrança de falta do atacante Euller.

A situação ficou ainda mais complicada para o Juventude aos 36min, quando o zagueiro Antônio Carlos, que já tinha cartão amarelo, se desentendeu com jogadores adversários e foi expulso de campos, prejudicando uma possível reação do time alviverde.

Aos 42min, o atacante Euller ainda aumentou a vantagem do clube mineiro. Após chute de Ramon, o veterano precisou chutar duas vezes para vencer o goleiro Rafael.

JUVENTUDE
Rafael; Índio (Ederson), Marcão e Antônio Carlos; Juliano, Ramalho, Lauro (Daniel), Caíco (Didé) e Roger; Enílton e Marcelinho
Técnico: Hélio dos Anjos

ATLÉTICO-MG
Bruno; Leandro Castán (Vinicius), Lima e Thiago Junio; Rodrigo Dias, Alicio, Rafael Miranda, Ramon e Rubens Cardoso; Euller e Pablo Gimenez (Quirino)
Técnico: Lori Sandri

Local: estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS)
Árbitro: Luiz Alberto Bites (GO)
Auxiliares: Flávio Gilberto Kanitz e Ruber Paulo Romero (ambos de GO)
Cartões amarelos: Lima (A), Ramalho (J), Antônio Carlos (J), Alício (A), Euller (A), Vinícius (A)
Cartões vermelhos: Antônio Carlos (J), Quirino (A)
Gols: Juliano, aos 30min do primeiro tempo; Cristiano, aos 25min, e Euller, aos 32min e aos 42min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias