! 'Mística' colabora, e Atlético-MG derrota Coritiba - 20/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  20/11/2005 - 17h47
'Mística' colabora, e Atlético-MG derrota Coritiba

Da Redação
Em São Paulo

A lateral direita parece mesmo predestinada a manter o Atlético-MG com esperanças de fugir do rebaixamento. Depois de Zé Antônio marcar quatro gols em dois jogos e evitar a queda antecipada da equipe, agora foi a vez de Rodrigo Dias colaborar. Substituto do titular (suspenso), o jogador marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, neste domingo, e manteve o clube sonhando com a permanência na Série A.

PRÓXIMOS JOGOS
RodadaCoritibaAtlético-MG
41ªS. Caetano (F)Vasco (C)
42ªInter (C)Juventude (F)
"Acima de tudo, foi o jogo da superação e da garra. Jogamos com a torcida, que é fantástica. A vitória é para eles", afirmou o atacante Marques, que rezou ajoelhado no centro do gramado com os demais companheiros após a partida.

Com o triunfo obtido no Mineirão, o terceiro consecutivo no Campeonato Brasileiro, a equipe alvinegra chega aos 43 pontos e sobe para a 20ª colocação, quatro de desvantagem para o Figueirense, derrotado pelo São Paulo no sábado e último a escapar da degola no momento.

A situação do Coritiba também não é nada cômoda. Depois de bater a Ponte Preta na rodada anterior, o clube da região Sul voltou a tropeçar e segue com os mesmos 45 pontos que iniciou a 40ª rodada. Para piorar, ele continua em 19° lugar e perde ótima oportunidade de deixar o grupo dos quatro piores.

"Foi um jogo muito igual, mas sofremos o gol em uma jogada individual. Agora, não tem segredo. Temos que correr atrás de duas vitórias para sair dessa situação", disse o zagueiro Reginaldo Nascimento.

LORI SANDRI NO ATLÉTICO-MG

Adversário

Placar

Data

Palmeiras1 x 330/10
São Paulo2 x 202/11
Goiás1 x 206/11
Paysandu2 x 012/11
Fluminense2 x 017/11
Coritiba1 x 027/11
A entrada de jogadores formados nas categorias de base não só faz o Atético-MG ganhar fôlego no torneio como também quebrar o péssimo momento do clube nas partidas disputadas em Belo Horizonte. A equipe não triunfava em casa desde 18 de setembro, data da vitória por 3 a 0 sobre o Santos.

Já o Coritiba não apresenta grande rendimento quando atua longe de seus domínios. A última vez que venceu fora de casa foi em 7 de agosto, quando fez 3 a 0 sobre a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O Atlético-MG terá a chance de dar seqüência à sua reação novamente no Mineirão. No próximo domingo, o time recebe o Vasco, às 16h. O Coritiba visita o São Caetano, no mesmo dia e horário, no estádio Anacleto Campanella.

O jogo
Precisando vencer, o Atlético-MG começou a partida tropeçando na ansiedade. Na busca por um gol logo nos minutos iniciais, a equipe teve mais posse de bola, mas não conseguiu criar grandes oportunidades que incomodassem o adversário.

MÁRCIO ARAÚJO NO CORITIBA

Adversário

Placar

Data

Flamengo1 x 231/10
Figueirense4 x 103/11
Brasiliense1 x 106/11
Corinthians0 x 113/11
Ponte Preta2 x 117/11
Atlético-MG0 x 120/11
Já o Coritiba optou por uma formação mais cautelosa. Com os laterais presos no campo de defesa, o time explorou apenas os contra-ataques com o meia Caio e dos atacantes Renaldo e Alcimar.

A primeira boa chance do confronto foi dos atleticanos. Aos 33min, após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Pablito cabecear forte, mas mandar por cima da meta.

No minuto seguinte, os mineiros abriram o placar. Pablito invadiu a área pela direita e chutou forte. A bola explodiu em Rodrigo Dias e sobrou para ele mesmo concluir e colocar sua equipe em vantagem no marcador.

O gol fez o Coritiba abandonar a postura defensiva. Os visitantes quase empataram aos 41min. Ricardinho aproveitou rebote de uma cobrança de falta de Anderson e chutou forte. Bruno, bem colocado, espalmou para escanteio.

Na volta do intervalo, o Atlético-MG reapareceu com mais tranqüilidade, mas o primeiro lance de perigo foi do Coritiba. Aos 18min, Caio fez linda jogada, driblou um marcador dentro da área e, de frente para a meta, bateu forte. O goleiro Bruno, mesmo caindo, conseguiu desviar com a mão esquerda e mandar para fora.

A resposta mineira veio aos 23min, com o atacante Marques. Ele recebeu lançamento em profundidade e chutou rasteiro no canto esquerdo, mas Douglas conseguiu desviar, evitando o segundo gol. Aos 27min, Renato, que acabara de entrar, aproveitou cruzamento e carimbou o travessão.

No final da partida, o Coritiba foi para cima e quase empatou. Aos 40min, Rubens Júnior cobrou falta pela direita do ataque e acertou o travessão mineiro.

ATLÉTICO-MG
Bruno; Thiago Junio, Lima e Cáceres; Rodrigo Dias (Henrique), Alício, Rodrigo Silva, Tchô (Ramon) e Thiago Feltri; Marques e Pablito (Renato)
Técnico: Lori Sandri

CORITIBA
Douglas; Vagner, Anderson e Reginaldo Nascimento; James (Rodrigo Batata), Capixaba (Anderson Gomes), Jackson, Caio e Ricardinho (Rubens Júnior); Renaldo e Alcimar
Técnico: Márcio Araújo

Local: estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Lourival Dias Lima Filho (BA)
Auxiliares: Alessandro Rocha (Fifa-BA) e Luiz Carlos Silva Teixeira (BA)
Cartões amarelos: Rodrigo Silva (A), Vagner (C), Rodrigo Dias (A), Capixaba (C), Alicio (A), Marques (A)
Gol: Rodrigo Dias, aos 34min do primeiro tempo

Veja também

Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias