! Flamengo vence "jogo do ano" e respira melhor - 16/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  16/11/2005 - 21h25
Flamengo vence "jogo do ano" e respira melhor

Da Redação
No Rio de Janeiro

O Flamengo superou - com sobras - o seu "jogo do ano". Na noite desta quarta-feira, o time rubro-negro venceu o Fortaleza por 3 a 0, no Luso-Brasileiro, e se distanciou ainda mais da zona de rebaixamento. O duelo foi válido pela 39ª rodada do Campeonato Brasileiro.

DESPEDIDA DO RIO DE JANEIRO
Nesta quarta-feira, o Flamengo realizou seu último jogo no Luso-Brasileiro. A última partida como mandante neste Brasileiro será contra o Goiás, em Volta Redonda.

O aproveitamento na sua casa provisória foi de 50%.Leia mais
Na véspera, o técnico do Flamengo, Joel Santana, avisou que a partida contra os cearenses definiria a situação do clube na competição. Os jogadores entenderam o recado e fizeram um dos melhores jogos do ano.

A superioridade foi tanta que o primeiro tempo terminou com a vantagem de 3 a 0 para os cariocas. O destaque ficou por conta do paraguaio César Ramírez, autor de dois gols.

"Estou muito contente. O time aproveitou as oportunidades que teve e garantiu a diferença. Quero agradecer a essa torcida maravilhosa", disse o camisa 7 do clube da Gávea.

Desde que chegou ao Flamengo, em setembro, o jogador vive uma lua-de-mel com os torcedores e a diretoria já se mobiliza para renovar o contrato do atacante para a próxima temporada.

O resultado deixou a equipe rubro-negra com 48 pontos (16º lugar) e praticamente livre do risco de rebaixamento. A situação é muito diferente da vivida há cerca de 20 dias, quando o técnico Joel Santana foi contratado.

Na ocasião, com 34 pontos, o Flamengo era um dos favoritos para descer de divisão. Entretanto, o treinador conseguiu acumular quatro vitórias e dois empates em seis jogos e transformou-se no principal responsável pela ascensão.

Por outro lado, o Fortaleza perdeu as duas últimas partidas e dificilmente conseguirá se classificar para a Copa Sul-Americana. Segundo os cálculos da comissão técnica, o time precisa de nove pontos nas três rodadas que lhe restam.

O próximo compromisso será no domingo, contra o Fluminense, no Castelão. No mesmo dia, o Flamengo viaja até Curitiba para enfrentar o Paraná, às 16h.

VITÓRIAS DO FLA POR DOIS OU MAIS GOLS EM 2005 - CINCO EM 57 JOGOS
AdversárioDataPlacar
Portuguesa-RJ24/24 x 1
River-PI3/33 x 1
Ypiranga-AM16/32 x 0
Botafogo31/72 x 0
Botafogo6/113 x 1
Fortaleza16/113 x 0
O jogo
O Flamengo começou o confronto no campo do adversário e conseguiu a primeira chance aos 7min. Leonardo Moura bateu cruzado da direita e Albérico fez difícil defesa. Os anfitriões continuaram em cima, mas aos poucos o Fortaleza se organizou e começou a sair em perigosos contra-ataques.

Novamente foi o time rubro-negro que ameaçou. Aos 17min, Ramírez deixou Diego Souza livre, mas o volante chutou errado e a bola foi para fora.

Com o passar dos minutos, o Flamengo começou a errar passes e irritou o técnico Joel Santana: "Estamos lentos". Porém, logo depois da bronca, os jogadores corresponderam. Aos 28min, Diego Souza cobrou falta de longe e Ramírez, com consciência, desviou para o gol. Foi o quarto gol do paraguaio no Campeonato Brasileiro.

O Fortaleza acendeu provisoriamente com a desvantagem no placar. Aos 32min, Clodoaldo cobrou falta e Diego defendeu com segurança. E foi de novo em uma bola parada que o Flamengo ampliou.

Aos 34min, Souza cobrou infração frontal com precisão no ângulo esquerdo e marcou o segundo. Agitada nas arquibancadas, a torcida gritou insistentemente "Joel" após o primeiro tempo inspirado do time.

O terceiro gol flamenguista aconteceu aos 41min. Diego Souza driblou Amaral na ponta esquerda, entrou na área e bateu forte. Albérico deu rebote e César Ramírez não desperdiçou.

"Foi bom para dar tranqüilidade, mas se possível temos que ampliar", disse o meia Souza.

Os cariocas começaram a etapa final em ritmo mais lento, apesar de continuarem comandando as ações ofensivas. Nervosos, os jogadores do Fortaleza passaram a exagerar nas entradas violentas.

Aos 17min, Souza deixou Fellype Gabriel na frente de Albérico, mas o atacante chutou fraco e o goleiro defendeu. A dispersão do Flamengo fez com que o Fortaleza subisse de produção. Aos 22min, Alex Afonso se livrou de Fernando e bateu no pé esquerdo da trave de Diego.

As duas equipes diminuíram o ritmo e a partida ficou sonolenta. Apenas aos 32min Ramírez acabou com a pasmaceira ao driblar três jogadores do Fortaleza e chutar para defesa de Albérico. A jogada motivou os torcedores, que gritaram o apelido do atacante: "El Tigre".

No fim, a torcida cantou parabéns para o Flamengo em alusão ao aniversário de 110 anos do clube, que aconteceu na última terça-feira.

FLAMENGO
Diego; Leonardo Moura, Renato Silva, Fernando e André; Jônatas (Fabiano), Júnior, Diego Souza (Augusto Recife) e Souza; Fellype Gabriel e César Ramírez (Obina)
Técnico: Joel Santana

FORTALEZA
Albérico; Amaral, Márcio Goiano, Ronaldo Angelim e Giba (Fumagalli); Dude (Igor), Erandir, Paulo Isidoro e Mazinho Lima; Rinaldo e Clodoaldo (Alex Afonso)
Técnico: Valdir Espinosa

Local: estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Elvécio Zequetto (MS)
Auxiliares: Alécio Aparecido Lezzo (MS) e Paulo Cesar Pereira de Freitas (MS)
Cartões amarelos: Giba (For), André (Fla), Fellype Gabriel (Fla), Ronaldo Angelim (For), Dude (For) e Renato Silva (Fla)
Gols: César Ramírez, aos 28min, Souza, aos 34min, e César Ramírez, aos 41min do primeiro tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias