! Vasco vence e tira o Fluminense da luta pelo título nacional - 13/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  13/11/2005 - 20h09
Vasco vence e tira o Fluminense da luta pelo título nacional

Da Redação
No Rio de Janeiro

Um sonho ganhou força e o outro ficou fraco. Este foi o saldo do clássico entre Vasco e Fluminense, que terminou com a vitória por 2 a 0 dos cruzmaltinos. A partida foi disputada em São Januário, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Divulgação
Divulgação
Fluminense, de Leandro, cai no clássico contra o Vasco e fica distante da liderança
O Fluminense praticamente deu adeus à disputa do título. Faltando apenas 12 pontos em disputa, o Corinthians, líder, abriu nove de distância para a equipe tricolor. Além disso, a vaga direta para a Libertadores ficou um pouco mais difícil, já que o Internacional, 2º colocado, abriu três pontos de vantagem.

Para completar a situação, o Goiás, quarto colocado, encostou na tabela de classificação. Com a vitória da equipe goiana, a distância entre os dois times é de apenas um ponto.

"A vitória do Vasco foi justa. O Vasco sabia que para vencer a gente teria que correr muito e fez isso. Eles mereceram" admitiu o técnico Abel Braga.

Do outro lado, com a vitória, o Vasco chegou aos 49 pontos, na 14ª posição. O time tem o mesmo número de pontos que Fortaleza, 12º, e Juventude, 13º, mas perde em número de vitórias e saldo de gols, respectivamente.

Com isso, o sonho da Sul-Americana ficou mais vivo, faltando apenas três pontos para chegar na zona de classificação. O rebaixamento também ficou muito distante e agora a distância já é de sete pontos.

"Rebaixamento eu espero que a gente não escute nunca mais aqui no Vasco e vamos em busca da Sul-Americana", disse o técnico Renato Gaúcho.

Na próxima rodada, o Vasco viaja até Santa Catarina, onde enfrenta o Figueirense, na quarta-feira, às 21h45. O Fluminense continua no Rio de Janeiro e recebe o lanterna Atlético-MG no estádio Raulino de Oliveira, na quinta-feira, às 20h30.

O jogo
PELA PRIMEIRA VEZ, 3 SEGUIDAS
Pela primeira vez no campeonato, o Vasco conseguiu três vitórias seguidas. O time derrotou o Atlético-PR, o São Caetano e o Fluminense. Com os resultados, a equipe se aproximou da zona de classificação para a Copa Sul-Americana, e agora está a apenas três pontos desta área.

A seqüência já havia acontecido uma vez, contra Figueirense, Paysandu e Atlético-MG. Porém, a partida contra os catarinenses foi anulada, já que havia sido apitada por Edílson Pereira de Carvalho. Na repetição, as equipes empataram por 3 a 3.
Em um clássico se espera um jogo movimentado. E este não foi diferente. Logo aos 5min, Wagner Diniz invadiu a área, foi derrubado por Arouca e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Romário bateu no canto direito de Kléber e marcou seu 17° gol no campeonato.

Atrás no placar, o Fluminense partiu para cima. Aos 10min, Petkovic cobrou falta próxima à área e a bola passou perto do travessão. O time da casa respondeu logo em seguida. Aos 11min, Diego cruzou e Romário pegou de primeira, mas mandou em cima de Marcão.

O Vasco recuou muito e a equipe tricolor passou a dominar o jogo. Aos 26min, Petkovic dominou na meia-lua e bateu com perigo para Roberto. No minuto seguinte, Marcão chutou cruzado e a bola passou perto da trave.

Jogando em casa, a equipe cruzmaltina se soltou mais e criou ainda algumas jogadas. Aos 31min, Wagner Diniz dominou na frente da área, mas chutou por cima do gol. Aos 45min, Robson Luiz recebeu na direita e tentou encobrir Kléber, mas a bola saiu.

MEIA-BOMBA
Durante todo o jogo o Fluminense atuou com jogadores que não estavam em sua melhor forma física. Com isso, o atacante Leandro e o meia Petkovic não desempenharam o futebol que a torcida esperava.

Ainda no primeiro tempo, aos 39min, o atacante Leandro sentiu dores no joelho, mas acabou jogando no sacrifício até os 35min do segundo tempo. Dúvida até a véspera da partida, Petkovic voltou a sentir dores na coxa, mas ficou em campo até o final.
O Fluminense voltou melhor do intervalo e levou muito perigo ao gol adversário. Logo no primeiro minuto, Marcelo arriscou de fora da área e Roberto defendeu bem. Aos 3min, Alexandre bateu cruzado e o goleiro espalmou.

O Vasco voltou a crescer, principalmente movido por Morais. Aos 15min, o meia chutou forte, mas Kleber espalmou. No minuto seguinte, ele tocou para Diego chutar de primeira, mas o goleiro mais uma vez espalmou.

As duas equipes continuaram no ataque, mas sem criar chances reais de gol. Somente aos 38min, o Vasco voltou a levar perigo. Rodrigo cobrou falta com grande violência e Kleber espalmou. No lance seguinte, Romário recebeu na área, tentou encobrir o goleiro e a bola saiu por pouco.

O time tricolor ainda tentou pressionar no fim, mas sem sucesso. Aos 42min, Tuta rolou para Marcelo bater forte, dentro da área, mas a bola foi por cima. Aos 43min, Tuta tentou desviar de Roberto, mas o goleiro conseguiu evitar o gol.

Aos 45min, Arouca fez falta em Abedi, que puxava contra-ataque, e recebeu o segundo cartão, sendo expulso. Com um a mais, o time da casa definiu o placar aos 48min. Têti lançou rasteiro e Romário, novamente, chutou para fazer seu 18º gol.

VASCO
Roberto, Wagner Diniz, Fábio Braz, Luciano e Diego; Ives, Amaral, Abedi (Rubens), Robson Luiz (Têti) e Morais (Rodrigo); Romário
Técnico: Renato Gaúcho

FLUMINENSE
Kleber; Gabriel, Gabriel Santos, Milton do Ó e Lino (Marcelo); Marcão, Arouca, Radamés (Alexandre) e Petkovic; Leandro (Adriano Magrão) e Tuta
Técnico: Abel Braga

Local: estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Márcio Resende de Freitas (SC-Fifa)
Auxiliares: Alcides Zawaski Pazetto e Marco Antônio Martins (ambos de SC)
Cartões amarelos: Radamés (F), Amaral (V), Arouca (F), Milton do Ó (F), Róbson Luiz (V), Wagner Diniz (V), Petkovic (F), Tuta (F)
Cartão vermelho: Arouca (F)
Gols: Romário, aos 6min do primeiro tempo; Romário, aos 48min do segundo tempo

Leia mais
Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias