! Atlético-PR goleia Palmeiras no duelo dos 'caseiros' - 06/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  06/11/2005 - 20h02
Atlético-PR goleia Palmeiras no duelo dos 'caseiros'

Da Redação
Em São Paulo

No duelo dos melhores anfitriões do Campeonato Brasileiro, a escrita se manteve. O Atlético-PR recebeu o Palmeiras na noite deste domingo, na conclusão da 37ª rodada, e goleou a equipe paulista por 4 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba, deixando o adversário mais longe de vaga na Copa Libertadores.

PRIMEIRA GOLEADA COM LEÃO
Além de, pela primeira vez, sofrer duas derrotas seguidas no comando do Palmeiras neste Brasileiro, o técnico Emerson Leão sentiu outro sabor amargo inédito.

Afinal, nas três derrotas que havia acumulado antes deste domingo, o treinador não sabia o que era deixar o gramado goleado.

Os três tropeços anteriores foram diante de Brasiliense (2 x 3), Santos (1 x 2) e Flamengo (0 x 1). "Em termos de resultado, foi o pior", comentou Leão após o confronto.
Antes da partida, os dois times eram os que mais pontuaram como mandantes, com 11 vitórias, quatro empates e três derrotas. O Atlético-PR confirmou os números e superou o Palmeiras, dono de uma das piores campanhas como visitante neste Nacional (cinco triunfos, seis empates e oito resultados negativos).

A vitória leva a equipe de Evaristo de Macedo aos 54 pontos e à nona colocação. Os paulistas, que se mantêm na quinta posição com 58 pontos, agora são perseguidos de perto pelo Paraná (57) e vêem a vaga na próxima Copa Libertadores ficar mais distante.

Como superou o Atlético-MG em Belo Horizonte, o Goiás, em quarto lugar, chegou aos 64 pontos e abriu seis de vantagem para o Palmeiras, restando cinco rodadas para o término da competição. O tropeço também marca o pior momento alviverde em termos de resultado na era Emerson Leão.

A equipe paulista acumula duas derrotas consecutivas (perdeu para o Flamengo na última quinta-feira) pela primeira vez desde a chegada Leão, que completou 25 jogos à frente do time. A "dobradinha" negativa não acontecia havia quase quatro meses, quando o Palmeiras perdeu para Corinthians e Fortaleza, resultados que derrubaram Paulo Bonamigo.

JEJUM NA ARENA
O Palmeiras segue sem nunca ter feito um gol na Arena da Baixada, casa do Atlético-PR. Desde que o moderno estádio foi construído, em 1999, o time paulista realizou quatro jogos no palco rubro-negro.

Antes de perder por 4 a 0 neste domingo, o Palmeiras empatou sem gols com a equipe paranaense em 2000 e 2004. Já em 2002, saiu derrotada por 1 a 0.
O Atlético-PR, por sua vez, dá importante passo para retomar o embalo no Nacional. Depois de obter cinco vitórias seguidas sob o comando de Evaristo, o time rubro-negro sofreu duas derrotas em três jogos e se reabilita do tropeço da rodada passada, quando caiu diante do Vasco.

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana. O Palmeiras, no sábado, faz o clássico com o São Paulo no estádio do Pacaembu, na capital paulista. Já o Atlético-PR, no dia seguinte, vai a Goiânia encarar o Goiás no estádio Serra Dourada.

O jogo
Esperando pressão por parte do Atlético-PR, Emerson Leão escalou o Palmeiras com um esquema mais prevenindo, com três zagueiros e dois volantes. E a previsão do treinador visitante se confirmou logo no início do confronto.

Com sete minutos de bola rolando, o time paranaense conseguiu abrir o placar na Arena. Jancarlos cruzou da direita, Alceu furou e a bola sobrou para Lima. O meia-atacante dominou dentro da área, enganou Gamarra e chutou de esquerda, batendo o goleiro Marcos.

A desvantagem não intimidou o Palmeiras, que por pouco não chegou ao empate aos 13min. Marcinho tabelou duas vezes pela esquerda e, na segunda, recebeu passe de primeira de Gioino. A conclusão do camisa 11, porém, foi sobre o travessão e apenas assustou Tiago Cardoso.

Mas para infelicidade da equipe alviverde, Lima teve tarde inspirada e marcou o segundo do Atlético-PR aos 18min. Ele foi lançado pela direita por Finazzi, dentro da área, e bateu cruzado para estufar as redes pela segunda vez na partida.

Com a boa vantagem no placar, os anfitriões passaram a utilizar com mais sabedoria as jogadas em velocidade. Enquanto o Palmeiras partiu com mais ímpeto ao ataque, a equipe paranaense utilizou as arrancadas de Lima, Finazzi e Dagoberto para superar os três zagueiros adversários.

Após o intervalo, Emerson Leão deixou seu time mais ofensivo, colocando o meia Pedrinho no lugar do zagueiro Gláuber, e renovou o ataque, trocando Gioino por Warley. As substituições até deram novo ânimo ao Palmeiras, mas, assim como na etapa inicial, foi o Atlético-PR que chegou às redes.

Aos 21min, Warley foi desarmado na intermediária por Cristian e a bola sobrou para Denis Marques, substituto do lesionado Dagoberto. O camisa 18 arrancou em velocidade, invadiu a área e tocou com tranqüilidade na saída de Marcos para ampliar a diferença no marcador.

Apesar do volume criado pelo Palmeiras, as melhores chances continuaram sendo de autoria dos paranaenses. Depois de Ferreira carimbar o travessão aos 38min, Finazzi fez o seu gol aos 43min, aproveitando rebote do goleiro palmeirense.

ATLÉTICO-PR
Tiago Cardoso; Jancarlos, Paulo André, Danilo e Marcão; Cristian, Alan Bahia, Ferreira e Lima (Juliano); Finazzi e Dagoberto (Denis Marques)
Técnico: Evaristo de Macedo

PALMEIRAS
Marcos; Daniel, Gamarra e Gláuber (Pedrinho); Correa, Alceu, Marcinho Guerreiro, Juninho e Fabiano; Marcinho (Washington) e Gioino (Warley)
Técnico: Emerson Leão

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo/RJ
Auxiliares: Carlos Henrique Alves/RJ e João Luiz Ribeiro/RJ
Cartões amarelos: Christian (A), Gláuber (P), Alceu (P), Marcinho Guerreiro (P), Gioino (P), Fabiano (P), Lima (A), Marcão (A)
Gols: Lima, aos 7min e aos 18min do primeiro tempo; Denis Marques, aos 21min, Finazzi, aos 43min do segundo tempo

Veja também

Leia mais


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias