! Pelo alto, Inter bate Ponte e mantém 'caça' ao líder - 06/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  06/11/2005 - 17h57
Pelo alto, Inter bate Ponte e mantém 'caça' ao líder

Da Redação
Em São Paulo

O Internacional segue na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Nesta tarde de domingo, com gols de cabeça dos zagueiros Vinícius e Ediglê, o time colorado venceu a Ponte Preta por 2 a 1, no estádio Beira-Rio, mas continua seis pontos atrás do líder Corinthians, agora faltando cinco rodadas para o final do certame nacional.

FLU SEGUE NA COLA

Jogando o suficiente para vencer o adversário, o Fluminense bateu o Figueirense por 2 a 0. A partida, válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, aconteceu na noite deste domingo, em São Januário.

O triunfo - o quarto seguido - mantém o Fluminense na difícil briga pelo título. Faltando cinco rodadas para o fim do Brasileirão, a equipe está em terceiro lugar, com 68 pontos (a mesma pontuação do Inter, que leva a melhor no número de vitórias).

Em relação ao Corinthians, a diferença segue em seis pontos, o que leva os jogadores do Flu garantirem que, embora acreditem no título, a briga da equipe é para garantir uma vaga na Libertadores do ano que vem. Leia mais
"Sei que a diferença permaneceu a mesma, mas futebol é assim mesmo. O que importa é que a gente precisa continuar obtendo os resultados positivos. Uma hora a equipe do Corinthians irá sofrer algum tropeço", ressaltou o zagueiro Vinícius, autor do primeiro gol.

Na última quarta-feira, o Internacional perdeu ótima oportunidade de depender apenas de seus resultados para chegar à quarta conquista no Brasileirão. A equipe foi batida por 3 a 1 pelo Paraná e agora terá de torcer por duas derrotas do Corinthians nas rodadas finais, além de vencer todos os seus jogos.

Já a Ponte Preta mantém a fase de oscilação. Na rodada passada, os campineiros derrotaram o Santos por 2 a 1 e voltaram a sonhar com a classificação para a Sul-Americana. Contudo, com o resultado negativo em Porto Alegre, o clube caiu uma colocação e agora aparece em 13°, com 47 pontos, e ainda corre risco de descer para a Série B.

Com o triunfo, os gaúchos chegam aos 68 pontos, em segundo lugar, e não conseguem reduzir a vantagem dos rival, que goleou o Santos por 7 a 1, no Pacaembu, e foi a 74. No entanto, eles ficam muito próximos de garantir uma vaga na Copa Libertadores de 2006.

"Não merecíamos perder porque o segundo gol deles foi irregular [reclama de um empurrão de Ediglê]. Mas agora vamos procurar fazer nosso dever de casa para lutar por essa vaga e escapar do rebaixamento. Temos um jogo direto com o Flamengo e precisamos ir para cima", afirmou o zagueiro Galeano, que marcou o gol dos paulistas.

OS JOGOS DO INTERNACIONAL

Adversário

Local

Data

SantosFora13/11
BrasilienseCasa16/11
CorinthiansFora20/11
PalmeirasCasa27/11
CoritibaFora04/12
A derrota, aliás, reflete o baixo rendimento do time alvinegro nas partidas fora de Campinas. A última vitória aconteceu no dia 27 de julho, quando derrotou o Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro, gol marcado pelo atacante Evando.

O Internacional se concentra agora na Copa Sul-Americana. Na próxima quinta-feira, o clube enfrenta o Boca Juniors, em Buenos Aires, na Argentina. No primeiro confronto, os brasileiros venceram por 1 a 0 e precisam de um simples empate para avançarem.

Pelo Campeonato Brasileiro, e equipe da região Sul volta a campo no domingo para enfrentar o Santos, às 18h10, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (a Vila Belmiro está interditada pelos incidentes ocorridos no jogo contra o Corinthians). Pouco antes, às 16h, a Ponte Preta recebe o Flamengo, no Moisés Lucarelli.

O jogo
Com um esquema bastante cauteloso - três zagueiros e três volantes -, a Ponte Preta permitiu que o Internacional pressionasse desde o início. Aos 5min, Tinga avançou sem marcação pelo meio e, da entrada da área, chutou por cobertura. Lauro se esticou e desviou para escanteio.

OS JOGOS DO CORINTHIANS

Adversário

Local

Data

CoritibaFora13/11
São CaetanoFora16/11
InternacionalCasa20/11
Ponte PretaCasa27/11
GoiásFora04/12


O goleiro campineiro voltou a trabalhar aos 12min, quando Gavilán arriscou da intermediária e ele espalmou para fora no canto direito. Aos 19min, a Ponte respondeu com Bruno. Após jogada de Izaías, o lateral invadiu a área, driblou Clemer e chutou. Ediglê cortou para fora antes que a bola entrasse.

A partir dos 20min, os gaúchos diminuíram o ímpeto e passaram a errar muitos passes, sobretudo na armação das jogadas. Dessa forma, os visitantes deixaram o campo de defesa, mas pouco produziram para assustarem o goleiro rival.

Sem espaço, o Internacional abriu o placar em uma jogada de bola parada. Aos 45min, depois de cobrança de escanteio pela esquerda, o zagueiro Vinícius subiu de cabeça entre a defesa rival a colocou a equipe colorada em vantagem.

PONTE FORA: 5 DERROTAS SEGUIDAS

Adversário

Placar

Data

Goiás1 x 401/10
São Paulo2 x 311/10
Figueirense0 x 422/10
Fluminense3 x 430/10
Internacional1 x 206/11
Logo no começo do segundo tempo, o Internacional ampliou. Em nova cobrança de escanteio, o goleiro Lauro saiu mal e a bola sobrou atrás da defesa para o zagueiro Ediglê cabecear, acertando o canto direito da meta.

Com a desvantagem, a Ponte abandonou a postura defensiva e descontou aos 14min. Rissutt fez o levantamento para a área e Galeano cabeceou sem chances de defesa para Clemer.

O gol fez o time de Campinas pressionar. Diante de um adversário que errava muito no ataque, a equipe alvinegra quase empatou o jogo aos 27min. Danilo, que acabara de entrar, pegou rebote da zaga na entrada da área e chutou à esquerda, assustando o goleiro.

No final da partida, o Internacional apenas administrou o resultado, enquanto a Ponte Preta pouco fez para chegar ao empate no Beira-Rio.

INTERNACIONAL
Clemer; Elder Granja; Vinícius, Ediglê e Jorge Wagner; Gavilán, Tinga (Márcio Mossoró), Wellington e Ricardinho (Alex); Fernandão e Rafael Sobis (Iarley)
Técnico: Muricy Ramalho

PONTE PRETA
Lauro; Galeano, Preto e Thiago Matias (Rafael Ueta); Rissutt, André Silva, Luciano Santos (Danilo), Carlinhos e Bruno; Izaías e Tico (Vandinho)
Técnico: Estevam Soares

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Elvécio Zequetto (MS)
Auxiliares: Alécio Aparecido Lezzo (MS) e Paulo César Pereira de Freitas (MS)
Cartões amarelos: Elder Granja (I), Luciano Santos (PP), Vinícius (I), Vandinho (PP), Galeano (PP), Izaías (PP), Carlinhos (PP)
Gols: Vinícius, aos 45min do primeiro tempo; Ediglê, aos 3min, e Galeano, aos 14min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias