! Vasco vence São Caetano e respira no Brasileiro - 06/11/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  06/11/2005 - 17h53
Vasco vence São Caetano e respira no Brasileiro

Da Redação
No Rio de Janeiro

O Vasco respirou um pouco mais aliviado no Brasileiro ao vencer o São Caetano por 2 a 1, neste domingo, no ABC paulista, pela 37ª rodada do campeonato. Com o resultado, o time carioca se afastou discretamente da zona do rebaixamento e ultrapassou o adversário, que também continua ameaçado pelo descenso.

Com a vitória, o Vasco foi a 46 pontos e trocou de posição com o São Caetano, que ficou com 44. A equipe cruzmaltina subiu para 15ª colocação e empurrou o time paulista para a 16ª. "Conseguimos os três pontos. Agora o Vasco respira na tabela", vibrou o técnico do Vasco, Renato Gaúcho.

Embora o Vasco continue ameaçado pelo rebaixamento, a vitória deste domingo mostrou que o time está crescendo na reta final do campeonato. A equipe conquistou sua segunda vitória consecutiva - na rodada passada derrotou o Atlético-PR - e com isso vai ficando cada vez mais próximo de se livrar de vez do descenso.

Enquanto isso, o São Caetano atravessa uma fase exatamente oposta. A equipe sofreu sua terceira derrota consecutiva - perdeu os dois jogos anteriores para São Paulo e Botafogo - num momento decisivo do campeonato. Com isso, se encaminha perigosamente em direção à zona do rebaixamento a cinco rodadas do final do Brasileiro.

Para piorar a situação do São Caetano, o time ainda fará jogos difíceis contra Corinthians, que tenta manter a liderança para garantir o título, e Cruzeiro, que precisa desesperadamente de vitórias para continuar sonhando com a vaga para a Libertadores.

Antes disso, porém, o São Caetano joga no próximo domingo, às 18h10, contra o Juventude, que também segue ameaçado pelo rebaixamento, em Caxias do Sul. Já o Vasco faz o clássico contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, no mesmo dia e horário.

O jogo
Os times entraram em campo marcando forte o adversário e por isso a partida começou truncada. Tanto que o primeiro lance de perigo só aconteceu aos 14min, quando o Vasco abriu o placar. Diego fez boa jogada individual pela esquerda, foi à linha de fundo, invadiu a grande área e rolou na pequena área para Morais, que só escorou na saída do goleiro Silvio Luiz.

O São Caetano foi atrás do empate e deu os contra-ataques para o Vasco. Num deles, aos 22min, o time carioca teve uma ótima oportunidade para ampliar. Igor dominou no meio-campo e lançou Anderson, que estava livre na meia direita. Ele conduziu até a entrada da área e chutou, mas a bola foi no meio do gol. Sílvio Luiz defendeu em dois tempos.

Com o São Caetano em desvantagem e correndo risco de levar outro gol, o técnico Jair Picerni fez duas substituições ainda na primeira metade da etapa inicial com o objetivo de deixar a equipe mais ofensiva. Pingo e Márcio Richards entraram nos lugares de Alessandro e Júlio César, respectivamente. O time melhorou e chegou com perigo aos 29min, através de uma cabeçada de Somália que passou perto do travessão.

Aos poucos, o São Caetano passou a dominar o jogo e conseguiu o empate aos 35min. Edílson dominou na meia esquerda e tocou em profundidade para Márcio Richards, que chutou forte da entrada da área e acertou o ângulo direito do goleiro Roberto.

O time da casa passou a sufocar o Vasco e por pouco não virou o jogo aos 41min. Após cobrança de escanteio da direita, Somália cabeceou forte e Roberto espalmou no susto a bola que ia entrando próxima ao seu ângulo direito.

O Vasco voltou para o segundo tempo com mais atitude e deu um susto logo no primeiro minuto. Róbson Luiz cobrou falta com força da meia direita, rasteiro, e a bola saiu rente à trave direita de Silvio Luiz.

A equipe cruzmaltina chegou novamente com perigo aos 6min. Morais fez boa jogada pela direita e rolou no meio para Diego, que chutou rasteiro. A bola mais uma vez passou raspando a trave direita. Aos 10min, Róbson Luiz driblou um adversário na entrada da área e chutou forte. Silvio Luiz espalmou a bola que ia entrando no alto.

De tanto insistir, o Vasco desempatou aos 21min. Morais foi à linha de fundo e cruzou da direita para Róbson Luiz, que escora de cabeça, tocando para Diego. Ele chutou rasteiro no canto direito de Silvio Luiz e colocou a bola no fundo da rede.

Assim como no primeiro tempo, o São Caetano só acordou depois de levar um gol. Aos 31min, o goleiro Roberto salvou o Vasco após cabeçada de Somália. Mas, a exemplo da etapa inicial, o time deu o contra-ataque para o Vasco, que teve a chance de marcar o terceiro um minuto mais tarde. Diego recebeu livre na grande área, pela esquerda, mas chutou na rede pelo lado de fora.

SÃO CAETANO
Silvio Luiz; Alessandro (Pingo), Thiago, Gustavo e Triguinho; Claudecir, Zé Luís, Júlio César (Márcio Richards) e Canindé (Dimba); Edílson e Somália
Técnico: Jair Picerni

VASCO
Roberto; Claudemir, Fabio Braz, Luciano e Diego; Ives, Igor, Amaral e Róbson Luiz (Rodrigo); Morais (Rubens) e Anderson (Marco Brito)
Técnico: Renato Gaúcho

Local: estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul (SP)
Árbitro: Luiz Alberto Bites (GO)
Assistentes: Flávio Gilberto Kanitz e José Bonfim Pereira Cruz (ambos de GO)
Cartões amarelos: Triguinho (S), Igor (V), Gustavo (S), Edílson (S), Rodrigo (V), Thiago (S)
Gols: Morais, aos 14min e Márcio Richards, aos 35min do primeiro tempo; Diego, aos 21min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias