! Figueirense derrota Juventude e ganha 'gordura' - 29/10/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  29/10/2005 - 17h54
Figueirense derrota Juventude e ganha 'gordura'

Da Redação
No Rio de Janeiro

O Figueirense deu um importante passo neste domingo para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. De virada, a equipe derrotou o Juventude por 4 a 3, no estádio Orlando Scarpelli, em Santa Catarina, e se distanciou da zona do descenso.

Com o resultado, a equipe de Florianópolis pulou para 41 pontos e roubou a 16ª colocação do Vasco, abrindo ainda cinco pontos de vantagem para o Brasiliense, primeiro dos "rebaixados" e que neste domingo enfrenta o Botafogo.

INVENCIBILIDADE DO FIGUEIRENSE
AdversárioPlacarData
Vasco3x313/10
Paraná2x015/10
Juventude2x219/10
Ponte Preta4x022/10
Palmeiras2x226/10
Juventude4x329/10
Nesta tarde, a equipe contou com outra boa atuação do atacante Edmundo, autor de dois gols, sendo um olímpico. O centroavante Adriano também se destacou e marcou os outros dois.

"Valeu pela vitória, mas não jogamos bem como nas últimas partidas. Mas fico muito feliz por ter ajudado o time a respirar no Brasileiro" disse Edmundo.

Além disso, o Figueirense acumulou seis partidas sem derrota no certame e não perde desde o dia 8 de outubro, quando foi goleado pelo Cruzeiro por 4 a 0.

Já o Juventude voltou a perder após três partidas invicto. Com sete desfalques neste sábado, a equipe dirigida por Hélio dos Anjos não jogou bem e segue com 43 pontos, na 15ª posição e cada vez mais distante de conseguir uma vaga na Copa Sul-Americana do ano que vem.

Na partida desta tarde, destaque negativo para o goleiro Fabiano. O atleta falhou feio no primeiro gol catarinense - marcado por Adriano no fim do primeiro tempo - e sequer voltou para a segunda etapa, sendo substituído por Rafael. Enilton fez os três gols do time.

"Foi um jogo complicado e não adianta ficar lamentando, temos que pensar nos próximos. O Figueirense foi melhor e mereceu a vitória", disse o técnico Hélio dos Anjos.

O Figueirense volta a jogar na próxima quinta-feira, quando enfrentará o Coritiba, no Couto Pereira, às 19h30. Um dia antes, o Juventude receberá o Fortaleza, em Caxias do Sul, às 20h30.

O jogo
O Juventude ignorou o fato de estar jogando fora de casa e começou surpreendendo o Figueirense. Logo aos 3min, Tucho chutou cruzado na grande área. Enilton desviou de calcanhar e marcou um belo gol.

Três minutos depois, o mesmo Enilton teve a chance de ampliar ao entrar cara a cara, mas o chute no alto foi bem defendido por Edson Bastos. Os donos da casa só despertaram aos 9min, quando Edmundo bateu de primeira e acertou o travessão. Aos 15min, foi a vez de Michel Bastos, de falta, também acertar o travessão gaúcho.

Depois disso, os visitantes ficaram fechadinhos na defesa e pouco exploraram os contra-ataques. Errando muitos passes e com Edmundo bem marcado por Ramalho, o Figueirense pouco criou, mas contou com uma falha do goleiro Fabiano para empatar.

Aos 35min, Adriano invadiu a área pela esquerda e chutou forte, mas sem ângulo algum. Entretanto, Fabiano tirou o braço e a bola entrou. "Esse gol vai nos deixar mais tranqüilos no segundo tempo, mas temos que voltar melhor para virar", disse Adriano.

Para o segundo tempo, o técnico Hélio dos Anjos, do Juventude, tirou Fabiano, que falhou no gol, e colocou Rafael. Mas a explicação para a saída do camisa 1 foi uma "lesão na perna". "Ele sentiu a perna e por isso saiu", disse Rafael.

Entretanto, o novo goleiro nada pôde fazer aos 6min, quando Edmundo conseguiu se desmarcar de Ramalho, tabelou com Adriano e, com um belo toque, virou o marcador para os catarinenses.

Contudo, assim como fez Fabiano, foi a vez de o goleiro Edson Bastos dar sua contribuição para mais um empate na partida. Aos 23min, Tucho levantou na segunda trave, o goleiro saiu mal e Enilton, sozinho, cabeceou para o fundo das redes.

Mas mal deu tempo para os visitantes comemorarem. Aos 26min, Michel Bastos cobrou falta com força e Rafael soltou. A bola sobrou para Thiago Silvy, que chutou forte, cruzado. Edmundo não dominou, mas Adriano bateu forte e desempatou.

Aos 36min, Edmundo ampliou. O atacante cobrou escanteio fechado, a bola desviou em Jardel e enganou Rafael. Foi o décimo gol de Edmundo no Brasileirão.

Nos acréscimos, Enilton, de pênalti, descontou para o Juventude, aos 48min.

FIGUEIRENSE
Édson Bastos; Paulo Sérgio, Vinícius, Bebeto e Michel Bastos (Moreira); Rodrigo Souto (Márcio Martins), Bilu, Marquinhos Paraná e Edmundo; Alexandre (Thiago Silvy) e Adriano
Técnico: Adilson Batista

JUVENTUDE
Fabiano (Rafael); Éderson, Daniel e Marcão (Marcelinho); Magal, Ramalho, Jardel, Tucho e Fininho (Roger); Enílton e Marcelinho
Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Luiz Alberto Bites (GO)
Auxiliares: Flavio Gilberto Kanitz e Geraldo Castro (GO)
Cartões amarelos: Michel Bastos (F), Fabiano (J), Fininho (J), Enilton (J)
Gols: Enilton, aos 3min, Adriano, aos 35min do primeiro tempo; Edmundo, aos 6min, Enilton, aos 23min, Adriano, aos 26min, Edmundo, aos 36min, Enilton, de pênalti, aos 48min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias