! Palmeiras empata com Fortaleza e vê título longe - 22/10/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  22/10/2005 - 17h59
Palmeiras empata com Fortaleza e vê título longe

Da Redação
Em São Paulo

O sonho de conquistar o título do Campeonato Brasileiro ficou ainda mais distante para o Palmeiras na tarde deste sábado. O alviverde empatou com o Fortaleza por 1 a 1, no estádio Castelão, no Ceará, e viu sua diferença para o líder Corinthians aumentar mais dois pontos.

Durante a semana, os jogadores e a comissão técnica palmeirense haviam afirmado que o clube precisava vencer todas as dez partidas que restavam na competição se quisesse ficar com o título nacional.

MAU VISITANTE
O Palmeiras não tem uma boa campanha fora de casa. Em 17 jogos, o alviverde somou apenas quatro vitórias. Curiosamente, todas foram obtidas sob o comando do técnico Émerson Leão, que passou a dirigir a equipe na 13ª rodada do Brasileiro.
Veja abaixo a relação de vitórias longe do Parque Antarctica:
Figueirense 1 X 4 Palmeiras
Juventude 1 X 2 Palmeiras
Paraná 1 X 3 Palmeiras
Botafogo 1 X 2 Palmeiras
Com o resultado obtido no Ceará e a vitória corintiana sobre o Paraná por 1 a 0, o Palmeiras viu a diferença para o líder aumentar para 12 pontos. Além disso, o alviverde segue fora da zona de classificação para a Copa Libertadores da América, na quinta colocação, com 54 pontos.

Já o Fortaleza segue despencando no Brasileiro. Depois de se aproximar da briga por uma vaga na Libertadores, o tricolor cearense caiu de produção e amarga agora uma seqüência de sete jogos sem vitórias.

Nem mesmo a estréia do técnico Valdir Espinosa no comando da equipe melhorou a situação dos cearenses. O treinador chegou para o lugar de Hélio dos Anjos, agora no comando do Juventude.

Na próxima rodada, o Palmeiras enfrenta o Figueirense, quarta, às 20h30, no Parque Antarctica, em São Paulo. No mesmo dia e horário, o Fortaleza vai a Belo Horizonte encarar o Atlético-MG, no Mineirão.

O jogo
Mesmo fora de casa, o Palmeiras começou a partida pressionando o Fortaleza. Logo aos 3min, Marcinho bateu falta na barreira e, no rebote, o próprio atacante chutou de primeira e acertou a trave esquerda de Bosco.

Mas a pressão não se reverteu em chances de gol e a partida ficou equilibrada após os minutos iniciais, com o alviverde assustando nas bolas paradas. Em nova falta na entrada da área, aos 23min, Juninho mandou por cima, rente ao travessão tricolor.

TRICOLOR MANTÉM JEJUM
Fortaleza 1 X 2 Internacional
Fortaleza 2 X 2 Paraná
Santos 0 X 0 Fortaleza
Fortaleza 1 X 4 Atlético-PR
Corinthians 3 X 0 Fortaleza
Fortaleza 1 X 2 Paysandu
Fortaleza 1 X 1 Palmeiras
Na ânsia de criar oportunidades, as duas equipes passaram a errar muitos passes e facilitar o trabalho das defesas. Em uma das poucas oportunidades que o ataque do Palmeiras conseguiu criar, aos 31min, Marcinho Guerreiro fez boa jogada e cruzou para a área. Gioino, entre os zagueiros, desviou de calcanhar e Bosco fez boa defesa.

Quando a partida caminhava sem grandes emoções para seu intervalo, uma bela jogada individual de Juninho colocou o Palmeiras na frente. O meia passou por dois marcadores do Fortaleza e chutou de fora da área, sem chance para o goleiro tricolor, aos 40min.

"O campo é grande e sobra bastante espaço. Mesmo assim, a marcação do Fortaleza foi muito forte. Na oportunidade que tivemos, acabamos fazendo o gol", comentou Marcinho.

O gol no final da primeira etapa fez o Fortaleza voltar do intervalo buscando pressionar o Palmeiras. Logo aos 4min, Rabicó cobrou falta perigosa e Marcos fez uma boa defesa, mandando a bola para escanteio.

Com a pressão do adversário, o alviverde passou a explorar os contra-ataques e levou mais perigo que os cearenses. Aos 7min, Diego Souza quase ampliou para o Palmeiras, em um chute de fora da área.

Mas uma falta no meio-campo, aos 22min, complicou a vida do Fortaleza. Irritado com a marcação do árbitro, Marquinhos fez gestos aos torcedores insinuando que o juiz estava roubando e acabou expulso.

Porém, apesar de ter um jogador a menos, o tricolor continuou pressionando, apostando na velocidade de seus atacantes. Em uma jogada rápida, Igor chutou de fora da área e Marcos defendeu em dois tempos.

E foi dessa maneira que o Fortaleza empatou a partida, aos 31min. Em uma bela jogada do ataque, Igor chutou da entrada da área, Marcos fez boa defesa mas, no rebote, Rinaldo apenas empurrou para as redes.

O gol despertou o Palmeiras, que tentou pressionar nos minutos finais. Aos 46min, Juninho recebeu dentro da área, livre, mas chutou em cima de Bosco, perdendo a chance de virar a partida.

FORTALEZA
Bosco; Thiago Matos, Alan, Ronaldo Angelim e Marquinhos; Dude (Clodoaldo), Hernani (Rabicó), Mazinho Lima e Lúcio; Fumagalli (Igor) e Rinaldo
Técnico: Valdir Espinosa

PALMEIRAS
Marcos; Baiano, Gamarra, Gláuber e Fabiano; Marcinho Guerreiro, Correa (Pedrinho), Juninho Paulista e Diego Souza (Roger); Marcinho e Gioino (Cláudio)
Técnico: Emerson Leão

Local: estádio do Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Giulliano Bozzano (DF)
Auxiliares: Renato Miguel Vieira (DF) e Eremilson Xavier Macedo (DF)
Cartões amarelos: Ronaldo Angelim (F), Gláuber (P), Hernani (F), Fabiano (P), Marcinho Guerreiro (P), Thiago Matos (F), Mazinho Lima (F), Pedrinho (P)
Cartão vermelho: Marquinhos (F)
Gols: Juninho, aos 40min do primeiro tempo; Rinaldo, aos 31min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias