! 'Em casa', São Caetano vence e complica a Ponte - 16/10/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  16/10/2005 - 20h04
'Em casa', São Caetano vence e complica a Ponte

Da Redação
Em Campinas

Enfrentar a Ponte Preta no estádio Moisés Lucarelli sempre foi muito agradável para o São Caetano. E nesta tarde de domingo tudo correu como de costume. O clube do ABC venceu por 2 a 1, se afastou da briga contra o rebaixamento e manteve a invencibilidade jogando em Campinas.

SÃO CAETANO: INVICTO NO MOISÉS

Campeonato

Placar

Data

Brasileiro de 20016 x 302/09
Brasileiro de 20021 x 001/09
Brasileiro de 20030 x 031/05
Brasileiro de 20043 x 007/11
Brasileiro de 20052 x 115/10
O resultado faz a equipe dirigida por Jair Picerni chegar ao quarto triunfo em cinco jogos sobre o adversário em partidas realizadas no interior de São Paulo (obteve ainda um empate).

"Sempre conseguimos bons resultados aqui. Felizmente não foi diferente e agora podemos trabalhar com mais tranqüilidade na reta final do campeonato", afirmou o atacante Jean.

O triunfo nesta tarde coloca o São Caetano com 40 pontos, subindo dois degraus e chegando ao 14° lugar. O clube tem agora sete pontos de vantagem para o Figueirense, último a cair para a Segunda Divisão no momento, e consegue se afastar da briga pelas colocações de baixo.

Já a Ponte Preta vê o sonho de se classificar pela primeira vez a uma competição internacional ficar mais distante. O clube continua com 41 pontos, mas agora na 12ª posição, perdendo no saldo de gols para o Fortaleza (menos seis contra menos oito).

"O São Caetano foi muito mais eficiente que a gente. Nós tivemos cerca de 85% de posse de bola, mas não conseguimos fazer os gols. Além disso, erramos lá atrás", disse o goleiro Lauro.

Esta, aliás, foi a segunda derrota consecutiva da equipe alvinegra. Na rodada passada, ela havia perdido para o São Paulo, que volta a ser seu adversário na próxima quarta-feira, no Majestoso. A partida foi remarcada pelo STJD por causa do escândalo da arbitragem. No primeiro duelo, os campineiros venceram por 1 a 0.

O São Caetano volta a campo na próxima sexta-feira para enfrentar o Fluminense, às 20h30, no estádio Anacleto Campanella, no ABC.

O jogo
Com um esquema ofensivo, o São Caetano foi para cima e abriu o placar logo aos 3min. Após cobrança de falta de Canindé pela direita, o goleiro Lauro não segurou e rebateu a bola na cabeça do volante Zé Luís, que apenas escorou para o fundo das redes.

O lance fez a Ponte Preta acordar, principalmente na marcação. Atenta, a equipe de Campinas chegou mais vezes ao campo de ataque através da boa movimentação do centroavante Zé Carlos.

Aos 23min, os ponte-pretanos reclamaram de um pênalti sobre o atacante. Bruno cruzou rasteiro da esquerda, ele dominou marcado por Douglas e caiu no gramado. O árbitro Cléver Assunção Gonçalves mandou a partida seguir.

Apesar de ter mais posse de bola, a equipe de Campinas pouco produziu. No entanto, aos 37min, quase empatou em um lance casual. Thiago Matias pegou de primeira um rebote de zaga no meio-campo e por pouco não encobriu o goleiro Sílvio Luiz, que desviou para escanteio.

Dois minutos mais tarde, foi a vez do lateral-esquerdo Bruno assustar. Ele colocou a bola entre as pernas de um marcador, invadiu a área e chutou forte. O camisa 1 adversário espalmou e a zaga afastou.

Na volta do intervalo, a Ponte Preta reapareceu com Piá no lugar de Danilo. A mudança deu mais força ofensiva e o empate quase veio aos 5min. Élson cobrou falta e acertou a trave esquerda de Sílvio Luiz.

Com o São Caetano jogando apenas nos contra-ataques, os campineiros pressionaram. Aos 21min, Zé Carlos tabelou com Piá, entrou na área livre de marcação, mas chutou errado e perdeu boa chance de igualar o marcador.

Aos 26min, contudo, a Ponte chegou ao empate. Após cobrança de falta, a zaga não cortou e a bola sobrou para Izaías. O atacante, que acabara de entrar no lugar de Evando, pegou de primeira e acertou o canto direito da meta.

Quando a equipe alvinegra parecia caminhar para a virada, o São Caetano chegou ao segundo gol. Um minuto depois, Pingo recebeu lindo passe de Edílson na área e apenas desviou na saída do goleiro Lauro.

Nos acréscimos, os vistantes quase marcaram novamente. Aos 46min, Fábio Pinto passou por dois marcadores, invadiu a área e chutou na saída de Lauro. A bola tocou na trave direita e saiu.

PONTE PRETA
Lauro; Iran, Galeano, Thiago Matias e Bruno (Gabriel); Ângelo, André Silva, Danilo (Piá) e Élson; Evando (Izaías) e Zé Carlos
Técnico: Estevam Soares

SÃO CAETANO
Sílvio Luiz; Neto, Thiago e Douglas; Alessandro, Zé Luís, Júlio César e Canindé (Ricardo Lopes); Edílson, Somália (Fábio Pinto) e Jean (Pingo)
Técnico: Jair Picerni

Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Cléver Assunção Gonçalves (MG)
Auxiliares: Helberth Costa Andrade e Guilherme Dias Camilo (ambos de MG)
Cartões amarelos: Thiago (SC), Ângelo (PP), Somália (SC), Edílson (SC), Ricardo Lopes (SC)
Gols: Zé Luís, aos 3min do primeiro tempo; Izaías, aos 26min, e Pingo, aos 27min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias