! Inter e Flu empatam e vêem Corinthians escapar - 02/10/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  02/10/2005 - 17h58
Inter e Flu empatam e vêem Corinthians escapar

Da Redação
No Rio de Janeiro

Internacional e Fluminense ampliaram suas invencibilidades no Campeonato Brasileiro. Neste domingo à tarde, em Porto Alegre, as duas equipes empataram por 2 a 2, em um fim eletrizante. O resultado, porém, somado à decisão do STJD de anular 11 jogos da competição, deixa ambos mais distantes do título nacional.

Fotocom.net
Fotocom.net
Tinga (esq.) disputa bola com Tuta no Beira-Rio
Isso porque na manhã deste domingo o presidente do STJD, Luiz Zveiter, anunciou que todos os 11 jogos apitados por Edílson Pereira de Carvalho foram anulados e terão que ser disputados novamente. Como o Inter havia vencido o Coritiba em um desses jogos, o time colorado está com menos três pontos na tabela.

Desta forma, o Internacional foi para 49 pontos e está quatro atrás do Corinthians, que venceu o Brasiliense nesta tarde. Já o Fluminense, com duas partidas anuladas - uma vitória contra o Brasiliense e uma derrota para o Juventude -, caiu para 47 pontos e está na quarta colocação.

Nesta tarde, o Inter abriu o placar na primeira etapa com Rentería, mas o Flu virou com Tiuí e Gabriel no segundo tempo. Entretanto, aos 40min Jorge Wágner cobrou falta com perfeição e deixou tudo igual.

"Não conseguimos a vitória, mas esse gol no final salvou. Foi um grande jogo, contra uma grande equipe. Agora vamos continuar lutando para voltar à liderança", disse Jorge Wágner.

Ao menos, o empate faz com que as equipes gozem de uma longa invencibilidade no certame. Os gaúchos não perdem há nove rodadas, desde o dia 13 de agosto, quando a equipe perdeu por 3 a 2 para o Palmeiras.

TUDO DE NOVO
Na manhã deste domingo, o desembargador Luiz Zveiter, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), anulou os 11 jogos que o ex-árbitro Edílson Pereira de Carvalho apitou no Campeonato Brasileiro.

Com essa decisão, as partidas serão realizadas novamente, com portões abertos para o público. Oito delas já tem data marcada: 12 e 19 de outubro. "Com portões abertos, minimiza-se o prejuízo do torcedor", disse Zveiter. Leia mais
Já o Fluminense detém uma série maior. Como o jogo contra o Juventude foi anulado, o time dirigido por Abel Braga não perde no Brasileirão desde o dia 24 de julho, quando a Ponte Preta aplicou 2 a 1.

Ambos os times voltam a jogar na próxima quarta-feira. No Beira-Rio, o Internacional receberá o São Paulo, às 21h50. No mesmo horário, o Fluminense encara o líder Corinthians em Volta Redonda.

O jogo
Com o Beira-Rio lotado, o Inter iniciou a partida pressionando o Fluminense, mas sem conseguir furar a defesa tricolor. Aos poucos, o Flu foi acalmando o jogo e passou a chegar com perigo.

Aos 12min, Petkovic deixou Tuta na cara do gol. O atacante driblou o goleiro Clemer, mas perdeu o ângulo e desperdiçou a oportunidade. Aos 19min, o Fluminense ficou com um homem a menos. Leandro sentiu uma lesão na coxa esquerda e foi substituído por Tiuí.

A partida seguiu equilibrada e com os gaúchos tendo mais a posse de bola, mas eram os visitantes quem ameaçaram mais. Aos 24min, Juan apareceu bem e bateu de fora da área, com a bola raspando a trave direita de Clemer. Aos 28min, Petkovic perdeu ótima chance. O meia entrou na área sozinho, mas, em vez de chutar, tentou passe para Tuta, que não dominou.

A primeira boa chance do Inter veio aos 38min, quando Fernandão escorou de cabeça para Rafael Sobis, que bateu cruzado. A bola passou por Kleber, mas Radamés salvou quase em cima da linha.

O lance animou os donos da casa, que passaram a buscar a jogada aérea no fim da etapa. Numa dessas bola altas, surgiu o primeiro gol. Após chutão para frente, Fernandão disputou com Igor e a bola sobrou limpa para Rentería, que chutou forte e abriu o placar, aos 43min.

"O jogo está equilibrado, mas estamos jogando bem. Vamos voltar para o segundo tempo e garantir a vitória", disse o autor do gol, na saída para o intervalo.

"Não estamos tocando a bola no meio campo. Ela vem e volta muito rápido", reclamou o técnico tricolor Abel Braga.

O Inter voltou para a segunda etapa com uma alteração: Muricy Ramalho tirou o zagueiro Bolívar - que já tinha cartão amarelo - e colocou Vinicius. Entretanto, a troca na defesa não impediu que o Flu empatasse aos 12min. Após falta cobrada por Pet, Tiuí esticou a perna e completou sozinho para o fundo das redes.

O jogo, então, passou a ser disputado em ritmo mais lento e muito brigado de intermediária a intermediária. Chance só surgiu aos 24min, quando Rafael Sobis chutou duas vezes dentro da área e em ambas Kleber defendeu.

Mas, no fim, a partida ficou eletrizante. Aos 32min, o Flu virou o marcador. Juan cruzou na segunda trave e Gabriel completou de primeira, fazendo um belo gol.

Contudo, a alegria tricolor não durou muito. Aos 40min, Jorge Wagner cobrou falta com perfeição no ângulo direito de Kleber e deixou tudo igual.

INTERNACIONAL
Clemer; Bolívar (Vinicius), Edinho e Ediglê (Mossoró); Elder Granja, Gavilán (Wellington), Tinga, Fernandão e Jorge Wagner; Rentería e Rafael Sobis
Técnico: Muricy Ramalho

FLUMINENSE
Kleber; Gabriel, Gabriel Santos, Igor e Juan; Arouca, Radamés (Marcos Aurélio), Petkovic e Felipe (Juninho), Leandro (Rodrigo Tiuí) e Tuta
Técnico: Abel Braga

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa/PR)
Auxiliares: Roberto Braatz (Fifa/PR) e Rogério Carlos Rolim (PR)
Cartões amarelos: Bolívar (I), Tinga (I), Edinhdo (I), Juan (F), Gabriel Santos (F), Petkovic (F), Tiuí (F), Marcos Aurélio (F)
Gols: Rentería, aos 43min do primeiro tempo; Rodrigo Tiuí, aos 12min do segundo tempo

Leia mais


Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias