! Em jogo de duas viradas, Paraná vence clássico e mantém boa fase - 01/10/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  01/10/2005 - 17h57
Em jogo de duas viradas, Paraná vence clássico e mantém boa fase

Da Redação
Em São Paulo

O Paraná Clube e o atacante Borges estão novamente em boa fase no Campeonato Brasileiro. Neste sábado à tarde, o atacante contou com a sorte para marcar seu terceiro gol nas últimas três partidas e garantir a vitória paranista por 3 a 2 no clássico sobre o Coritiba.

Em jogo de duas viradas e três expulsões, o Paraná conseguiu somar mais três pontos e chegar aos 45, garantindo sua sétima posição até o final desta 29ª rodada. A equipe tricolor também somou seu sétimo ponto nos últimos nove disputados.

"CAMPEONATO PARANAENSE"
A vitória no clássico contra o Coritiba ampliou a vantagem do Paraná sobre seus rivais paranaenses no Campeonato Brasileiro. Além disso, a equipe tricolor também fica a uma vitória de vencer uma disputa interna.

No primeiro turno, cada um dos três clubes paranaenses venceu um dos confrontos estaduais. Agora, além de vingar-se da derrota do primeiro turno para o Coritiba, o Paraná lidera o triangular contra seus rivais diretos.

Caso vença o Atlético-PR em seu último clássico estadual, o Paraná garante a vantagem simbólica sobre seus rivais e pode ficar ainda mais perto de ser o melhor paranaense na competição. Veja box abaixo
Antes de vencer o Coritiba, o Paraná havia goleado o Brasiliense por 4 a 1 e empatado por 2 a 2 com o Fortaleza, em Fortaleza. Também nestas partidas, Borges marcou para o time curitibano, encerrando um longo jejum de gols.

Contra o Coritiba, o camisa 9 paranista fechou o placar após Mário César cobrar falta sem direção e a bola desviar em seu joelho. Antes, André Dias havia marcado para o Paraná, com Anderson e Caio virando para o Coritiba. Mário César fez o segundo do Paraná.

O Coritiba, que permanece com 38 pontos em 13° lugar, teve dois jogadores expulsos. Maia levou o vermelho no final do primeiro tempo, logo após o empate alviverde. Na etapa final, Reginaldo Nascimento também foi expulso quando o Paraná já vencia por 3 a 2.

Marcos, do Paraná, também foi expulso, mas no final do jogo. O que não evitou que os jogadores do Coritiba reclamassem da arbitragem de Rodrigo Martins Cintra. "Quem viu o jogo sabe das faltas que nosso time fez. E em todas elas recebemos o amarelo. Assim ficou muito difícil segurar o jogo", protestou o meia Caio.

CLÁSSICOS PARANAENSES
19/06 - Coritiba 2 x 1 Paraná
10/07 - Atlético-PR 1 x 0 Coritiba
23/07 - Paraná 2 x 0 Atlético-PR
01/10 - Paraná 3 x 2 Coritiba
15/10 - Coritiba x Atlético-PR
30/10 - Atlético-PR x Paraná
O jogo
Mesmo contra um time que não havia levado gols em seus últimos três jogos, o Paraná não demorou para abrir o placar. Aos 2min, André Dias recebeu na área, pela esquerda, cortou Reginaldo Nascimento e bateu cruzado, marcando para o time tricolor.

O Paraná ainda teve boa chance aos 11min. Daniel Marques bateu de virada, de dentro da área, e Douglas defendeu. O Coritiba só conseguiu responder poucos segundos depois, em chute de fora da área de Jackson, defendido por Flávio.

Com forte marcação no meio, o Paraná conseguiu manter o Coritiba longe de sua área. Mas também arriscou pouco. Apenas aos 33min o time tricolor encaixou um contra-ataque. Após ótima troca de passes, Edinho invadiu a área pela esquerda mas errou sua finalização.

Numa das poucas chegadas do Coritiba ao ataque, saiu o gol de empate. Aos 38min, após cobrança de escanteio, a zaga do Paraná não cortou e Anderson ficou com a sobra. Mesmo com vários jogadores à sua frente, o zagueiro chutou forte e conseguiu marcar.

MAU MARCADOR
O primeiro tempo do clássico poderia ter um final feliz para o atacante André Dias, autor de um belo gol, o primeiro do jogo. No entanto, o atacante foi para o intervalo culpando-se por uma falha.

Mas não foi nem um gol perdido que deixou André Dias abatido. O avante paranista lamentou uma desatenção sua na marcação. No gol de empate do Coritiba, no final do primeiro tempo, André Dias estava na área tricolor para ajudar sua zaga.

"Foi falha minha. No primeiro pau a marcação é minha. Mas o jogador deles tirou uma casquinha e me tirou da jogada", comentou André Dias na saída para o intervalo.
O primeiro tempo poderia terminar melhor para o Coritiba se, aos 40min, Maia não fosse expulso. O atacante disputou bola com Daniel Marques e acertou um tapa no zagueiro paranista, recebendo o vermelho. Já no final, aos 45min, André Dias ainda perdeu boa chance após rebote do goleiro Douglas.

Com um jogador a mais em campo, o Paraná voltou para o segundo tempo com o meia-atacante Sandro no lugar do zagueiro Aderaldo. "É para dar mais movimentação, já que eles estão com um a menos", comentou Sandro ainda no intervalo.

No entanto, o primeiro efeito da alteração foi positivo apenas para o Coritiba. Com sua zaga ainda desarrumada, o Paraná permitiu o avanço livre de Caio pelo meio, após jogada de Peruíbe, e o toque do camisa 10 na saída de Flávio, virando a partida.

Mesmo dando mais espaços em sua defesa, o Paraná logo se acertou no ataque e não demorou para virar. Aos 10min, Mário César chutou muito forte de fora da área e marcou. Aos 17min, o meia tentou novamente, mas o tirou saiu sem direção. Borges, porém, desviou no meio do caminho e também fez o seu.

O Coritiba complicou-se ainda mais aos 23min, quando Reginaldo Nascimento, após levar o segundo amarelo, também foi expulso. Com dois a mais em campo, o Paraná controlou a partida e ainda quase ampliou aos 24min, em chute pelo alto de Neto.

PARANÁ
Flávio; Daniel Marques, Marcos e Aderaldo (Sandro); Neto, Mário César (Beto), Pierre, Éder e Edinho; André Dias (Fernando Gaúcho) e Borges
Técnico: Luiz Carlos Barbieri

CORITIBA
Douglas; Jackson, Douglas Ferreira, Anderson e Ricardinho (Tiago); Reginaldo Nascimento, Peruíbe, Capixaba (Élton) e Caio; Maia e Renaldo (Marciano)
Técnico: Cuca

Local: estádio Pinheirão, em Curitiba (PR)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra (SP)
Auxiliares: Márcio Luiz Augusto e Nilson Souza Monção (ambos de SP)
Cartões amarelos: Reginaldo Nascimento (C), Wagner (C), Ricardinho (C), Borges (P), Sandro (P), Pierre (P)
Cartões vermelhos: Maia (C), Reginaldo Nascimento (C), Marcos (P)
Gols: André Dias, aos 2min, e Anderson, aos 38min do primeiro tempo; Caio, aos 2min, Mário César, aos 10min, e Borges, aos 17min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias