! Melhor visitante, Inter assegura topo do Brasileiro - 21/09/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  21/09/2005 - 21h26
Melhor visitante, Inter assegura topo do Brasileiro

Da Redação
Em São Paulo

Vitória, invencibilidade, liderança... a 27ª rodada do Campeonato Brasileiro ratificou a campanha do Internacional. Jogando fora de casa, o primeiro colocado do torneio superou o Fortaleza por 2 a 1 nesta quarta-feira. A novidade é que, com este resultado, os gaúchos ganharam status de time que mais somou pontos atuando como visitante.

SOBIS MATADOR
O atacante Rafael Sobis, revelado nas categorias de base do Internacional, vive uma de suas melhores fases. O camisa 11 do time gaúcho marcou cinco gols nas quatro últimas partidas que disputou.

Nesta quarta-feira, Sobis marcou o segundo gol do Internacional na vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza, no Ceará. Com isso, o atacante ostenta média de 1,25 gols por jogo nas últimas cinco partidas.

Com os gols desta série positiva, Sobis chega a 12 e começa a brigar pela artilharia do Campeonato Brasileiro. A liderança nesta corrida atualmente é de Róbson, do Paysandu, que marcou 17 vezes.
O resultado obtido em Fortaleza garante ao Internacional a permanência no topo da tabela do Brasileiro, agora com 50 pontos. De quebra, a equipe dirigida por Muricy Ramalho chega à décima partida sem conhecer um revés sequer (oito vitórias e dois empates).

Imbatível, o Internacional assumiu nesta quarta-feira a condição de equipe que mais somou pontos atuando como visitante no Campeonato Brasileiro. Foram 24 pontos ganhos em 13 partidas (sete vitórias, três empates e três derrotas).

"Estamos buscando o objetivo que foi traçado. O importante é sempre estar na frente e sabermos administrar. Não podemos dar bobeira e sabemos que hoje [quarta-feira] foi dado um passo importante. O Paysandu é um adversário complicado", analisou Clemer, camisa 1 da equipe gaúcha.

O triunfo do Internacional, aliás, só foi possível graças à brilhante atuação de Clemer. O goleiro do time gaúcho foi muito seguro e mostrou tranqüilidade diante da pressão que os donos da casa fizeram, sobretudo no segundo tempo.

A grande atuação de Clemer interrompe uma série de seis vitórias consecutivas do Fortaleza em partidas disputadas no Castelão (em Fortaleza). O time cearense é o mandante que mais triunfou no Campeonato Brasileiro (nove vezes). O time permanece com 39 pontos, na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

"Pagamos pelo nosso péssimo primeiro tempo. Eles terminaram vencendo por 2 a 0, mas poderiam ter feito até uma vantagem maior. Nós ainda tentamos reagir depois do intervalo, mas só conseguimos fazer um gol", lamentou Lúcio, autor do gol dos donos da casa.

O Fortaleza volta a campo no próximo sábado, às 17h, novamente no Castelão. O adversário do time cearense pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro será o Paraná. No dia seguinte, às 18h10, o Internacional viajará até Belo Horizonte para encarar o Atlético-MG.

O jogo
Mesmo fora de casa, o técnico Muricy Ramalho surpreendeu e manteve o Internacional no 4-4-2 (formação utilizada na vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-PR, no último domingo). Com esquema ofensivo, o time gaúcho pressionou o Fortaleza desde o início.

E após ter desperdiçado várias oportunidades para marcar, o Internacional abriu o placar aos 16min. Rafael Sobis recebeu na esquerda e tocou no meio para Ricardinho. O camisa 10 driblou Erandir para o meio e chutou de direita, no canto esquerdo baixo de Bosco.

O gol deixou o Fortaleza atordoado. E com isso, o Internacional aproveitou. Aos 27min, Erandir perdeu uma bola para Ricardinho, que retribuiu a assistência do primeiro gol e tocou na área para Rafael Sobis. O camisa 11 chutou de pé direito e também venceu Bosco.

"Foi uma bobeira. Tentei sair jogando, adiantei muito a bola e acabei perdendo para ele. Isso não podia ter acontecido, ainda mais ali perto da área", admitiu Erandir. "Acho que nós ficamos sem saída de bola no começo. Faltou um pouco de movimentação do nosso meio-campo", completou Dude, que entrou no intervalo.

Desarrumado, o Fortaleza se lançou ao ataque e tentou reagir. O time da casa conseguiu ameaçar o gol de Clemer e teve oportunidades com Marquinhos e Lúcio, grande destaque individual da equipe. "Nós começamos muito bem e acabamos dando muito espaço para o meio-campo deles. Precisamos acertar isso", advertiu o meia Ricardinho, do Internacional, durante o intervalo.

O aviso do volante, contudo, não surtiu efeito. O Fortaleza, mais disposto, seguiu dominando o Internacional no segundo tempo. Acuado, o time visitante não acertou sequer os contra-golpes. A pressão dos mandantes funcionou aos 9min. Lúcio recebeu cruzamento da direita e, livre de marcação, tocou de pé direito para marcar.

Depois do gol, o Fortaleza cresceu e pressionou os visitantes até o final do confronto. No entanto, a noite inspirada do goleiro Clemer garantiu ao Internacional os três pontos e a permanência na primeira colocação do Campeonato Brasileiro.

FORTALEZA
Bosco; Chiquinho, Alan, Ronaldo Angelin e Marquinhos (Marcos Denner); Hernani (Dude), Erandir, Mazinho Lima (Guaru) e Lúcio, Fumagalli e Rinaldo
Técnico: Hélio dos Anjos

INTERNACIONAL
Clemer; Elder Granja, Índio, Ediglê (Wellington) e Jorge Wágner; Gavilán (Edmílson), Edinho, Ricardinho e Márcio Mossoró (Bolívar); Rentería e Rafael Sobis
Técnico: Muricy Ramalho

Local: estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Auxiliares: Marinaldo Silvério e Nilson de Souza Monção (ambos de SP)
Cartões amarelos: Rinaldo (F), Hernani (F), Elder Granja (I), Alan (F), Jorge Wagner (I), Bolívar (I)
Gols: Ricardinho, aos 16min, e Rafael Sobis, aos 27min do primeiro tempo; Lúcio, aos 9min do segundo tempo

Leia mais

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias