! Fortaleza mantém ascensão e afunda Brasiliense - 18/09/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  18/09/2005 - 17h56
Fortaleza mantém ascensão e afunda Brasiliense

Da Redação
No Rio de Janeiro

O Fortaleza segue em ascensão, enquanto o Brasiliense mantém queda na tabela do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, no Distrito Federal, a equipe cearense venceu por 2 a 0 e subiu mais dois degraus. O time de Brasília, por sua vez, desceu um e figura na zona de rebaixamento.

JOEL EM RISCO
A seqüência de três derrotas do Brasiliense e a entrada na zona de rebaixamento deixam o emprego do técnico Joel Santana em situação de risco.

Antes da partida já surgiam informações de que Mauro Fernandes estaria em Taguatinga para assumir a equipe em caso de novo tropeço neste final de semana. Apesar do presidente Luiz Estevão ter descartado essa possibilidade, a pressão sobre o treinador aumentou com a derrota para a Fortaleza.
Agora, os comandados do técnico Joel Santana estão na 20ª posição, com 28 pontos, mesmo número do Atlético-MG, 19º, que tem uma vitória a mais (oito contra sete). As duas equipes têm dois a menos do que o Flamengo, primeiro fora da faixa de descenso do certame e que comemorou o tropeço do time do Centro-Oeste.

Do lado cearense, a situação é totalmente outra. Em ascensão, a equipe de Hélio dos Anjos assumiu a nona colocação, com 39 pontos, e continua na zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

O time tricolor conseguiu também acabar com o jejum de vitórias fora de casa, o que não ocorria desde do dia 17 de julho, quando passou pelo Palmeiras por 2 a 1, em São Paulo - a campanha como visitante conta com três vitórias, nove derrotas e dois empates.

Na próxima rodada, o time do Distrito Federal viaja até Curitiba, onde enfrenta o Paraná, na quarta-feira, às 20h30, no Pinheirão. Já o Fortaleza volta ao Ceará depois de duas partidas fora de casa. Também na quarta, às 19h30, a equipe recebe o Internacional, no Castelão.

O jogo
Brasiliense e Fortaleza tiveram bastante espaço para criar nos minutos iniciais da partida. Mas a primeira jogada de perigo ocorreu aos 10min. Mazinho Lima recebeu bom passe e tocou na saída do goleiro Eduardo, que defendeu com o pé e evitou o primeiro gol do time do Ceará.

FORTALEZA: 3ª VITÓRIA FORA
AdversárioPlacarRodada
Paysandu 2 x 114ª
Palmeiras 2 x 116ª
Brasiliense 2 x 026ª
Aos 17min, porém, ninguém conseguiu evitar o gol do Forteleza. O meia Lúcio tentou tabelar com Deda e foi derrubado na área. Na cobrança do pênalti, Rinaldo bateu forte no canto direito e abriu o placar.

A desvantagem no placar acordou o Brasiliense, que passou a dominar a partida. Aos 27min, Marcelinho Carioca teve boa oportunidade. O meia girou e chutou forte, mas a bola foi para fora.

O Fortaleza, por sua vez, teve mais um chance de ampliar no final do primeiro tempo. Aos 43min, Lúcio arriscou chute e a bola raspou a trave do goleiro Eduardo.

As duas equipes voltaram melhor para a segunda etapa. Logo aos 4min, Marcelinho Carioca teve boa chance depois de receber belo passe, mas foi atrapalhado por um companheiro e perdeu o gol. Aos 8min, Márcio Careca chutou de longe e Bosco espalmou para escanteio.

O Fortaleza respondeu duas vezes com Chiquinho. Primeiro aos 13min, quando o jogador surpreendeu o goleiro e quase o encobriu, acertando o travessão. E aos 15min, após boa jogada na linha de fundo e chute forte que Eduardo espalmou.

O Brasiliense partiu para o ataque, obrigando o visitante a ficar na defesa. Aos 17min, Igor se aproveitou da falha da defesa e ficou cara-a-cara com o goleiro Bosco, que defendeu com o pé direito.

Porém, foi o Fortaleza que conseguiu o gol. Aos 30min, Rinaldo fez boa jogada e tocou para Lúcio, que girou bem e chutou no canto direito de Eduardo para ampliar a vantagem do time cearense. A equipe da casa ainda tentou uma pressão, mas não obteve sucesso.

BRASILIENSE
Eduardo; Dida, Jairo, André Turatto e Márcio Careca; Deda, Pituca, Vampeta (Cleiton Xavier), Lindomar e Marcelinho Carioca; Dill (Igor)
Técnico: Joel Santana

FORTALEZA
Bosco; Chiquinho, Alan (Márcio Goiano), Ronaldo Angelim e Marquinhos; Hernani, Erandir, Mazinho Lima (Paulo Isidoro) e Lúcio; Rinaldo e Fumagalli (Dude)
Técnico: Hélio dos Anjos

Local: estádio Serejão, em Taguatinga (DF)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-RJ)
Assistentes: Aristeu Leonardo Tavares e Hilton Moutinho Rodrigues (ambos Fifa-RJ)
Gols: Rinaldo, aos 17min do primeiro tempo; Lúcio, aos 30min do segundo tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias