! Paraná vence Cruzeiro e chega à terceira posição - 14/08/2005 - UOL Esporte - Futebol
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  14/08/2005 - 17h55
Paraná vence Cruzeiro e chega à terceira posição

Da Redação
No Rio de Janeiro

O Paraná continua subindo na tabela e chegou à terceira posição do Brasileiro ao vencer o "tira-teima" contra o Cruzeiro, na tarde deste domingo, no Mineirão, por 1 a 0. Aderaldo fez o gol da vitória de cabeça no duelo válido pela 20ª rodada.

'TIRA-TEIMA'
Cruzeiro e Paraná fizeram um verdadeiro "tira-teima" no Mineirão. As equipes chegaram até o confronto deste domingo com campanhas praticamente idênticas neste Campeonato Brasileiro.

Antes da realização da 20ª rodada, ambos conquistaram 33 pontos, com nove vitórias, seis empates, quatro derrotas e onze gols de saldo.

A única diferença estava nos gols marcados e sofridos. Enquanto o time mineiro fez 40 e sofreu 29, o paranaense anotou 30 e levou 19.
Com o resultado, o Tricolor paranaense foi a 36 pontos. De quebra, a equipe manteve uma invencibilidade de quase um mês e oito jogos nesta temporada.

A última derrota do Paraná aconteceu no dia 16 de julho, para o Corinthians, por 3 a 2, em casa. Depois disso, o tricolor paranaense empatou com o São Caetano por 1 a 1, venceu Atlético-PR e Inter por 2 a 0, derrotou o Paysandu por 4 a 3, bateu o Botafogo por 2 a 0 e empatou com Santos e Flamengo por 1 a 1.

Além disso, o Paraná ainda atrapalhou os planos do Cruzeiro, adversário direto na briga por vaga no grupo dos quatro primeiros que se classificam para a Libertadores.

O time mineiro, que ficou com os mesmos 33 pontos, ainda tinha a ambição de chegar ao topo da tabela em três passos. O primeiro tinha sido dado na última quarta-feira, quando a equipe goleou o Botafogo por 4 a 1, mas a derrota deste domingo a impediu de dar o segundo passo.

Desta forma, o Cruzeiro também perdeu a chance de entrar na zona de classificação para a Libertadores. A equipe vai tentar a reabilitação no próximo sábado, às 18h10, contra o São Caetano, no ABC Paulista. Para esta partida, o técnico Paulo César Gusmão não poderá contar com Moisés, que recebeu seu terceiro cartão amarelo no campeonato neste domingo.

MELHOR DEFESA VENCE DUELO
O resultado deste domingo representou a vitória da defesa menos vazada do Brasileiro sobre o então ataque mais positivo do campeonato.

Com apenas 19 gols sofridos, o Paraná ainda ostenta o título de "ferrolho" do certame. Já o Cruzeiro, com 40 gols marcados, era a equipe que havia mais vezes balançado as redes dos adversários antes da 20ª rodada. O time mineiro voltou a perder a liderança para o Corinthians, que soma agora 44.
Já o Paraná vai tentar manter a invencibilidade no Brasileiro no próximo domingo, às 16h, quando enfrenta o Vasco, em Curitiba.

O jogo
O Cruzeiro começou pressionando e teve ótima chance para abrir o placar logo a 1min. Fred tabelou com Kelly na direita, dentro da área, e ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou em cima de Flávio, que espalmou. Na seqüência, a defesa do Paraná afastou para longe.

Mas o Paraná não se abateu e respondeu aos 10min. Vicente arriscou o chute de longe, da meia esquerda, e a bola passou muito próxima ao ângulo direito de Fábio.

O Paraná melhorou no jogo e teve a melhor chance do primeiro tempo aos 27min. Em cobrança de escanteio da esquerda, Borges dominou quase dentro da pequena área e chutou em cima do goleiro. A bola sobrou para Aderaldo, mas, mesmo com o gol vazio, ele conseguiu chutar para fora, à direita da meta de Fábio.

De tanto insistir, o Paraná finalmente abriu o placar, aos 41min. Na cobrança de escanteio da direita, Aderaldo subiu mais que a defesa adversária e cabeceou para o chão, no canto direito do goleiro Fábio, que nem se mexeu.

O Cruzeiro voltou mais ligado para o segundo tempo e ameaçou pela primeira vez logo aos 6min. Diego, que entrou no lugar de Patrick, recebeu cruzamento pelo alto na grande área e cabeceou. A bola passou rente ao travessão de Flávio.

O time da casa jogava melhor, mas continuou com dificuldades para vencer o "ferrolho" do Paraná. Tanto que o Cruzeiro só voltou a levar perigo através de uma jogada de bola parada, aos 19min. Fred bateu falta da meia esquerda com violência, mas o goleiro Flávio espalmou.

Depois disso, o Cruzeiro buscou o empate a todo instante, mas parou na melhor defesa do campeonato.

CRUZEIRO
Fábio, Maurinho, Moisés, Irineu e Patrick (Diego); Maldonado, Fábio Santos, Kelly (Louzada) e Wagner; Adriano e Fred
Técnico: Paulo César Gusmão

PARANÁ
Flávio, Daniel Marques, Aderaldo e Marcos; Neto, Beto, Rafael Mussamba, Mário César (Goiano) e Vicente; André Dias (Maicossuel) e Borges (Wellington Paulista)
Técnico: Lori Sandri

Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Wagner Tardelli (RJ)
Assistentes: Aristeu Tavares e Hilton Rodrigues (ambos do RJ)
Cartões amarelos: Aderaldo (P), Moisés (C), Beto (P), Fábio Santos (C), Maurinho (C), Borges (P), Marcos (P), Irineu (C) e Goiano (P)
Gols: Aderaldo, aos 41min do primeiro tempo

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias